Na próxima sexta-feira, dia dois de novembro, a Direção Regional da Educação (DRE) e a Fundação PT irão assinar o terceiro aditamento à carta de compromisso do protocolo no âmbito do projeto ‘Todos Juntos Podemos Ler’.

A assinatura terá lugar na Escola Básica Integrada da Maia, na ilha de São Miguel, sendo que a carta mencionada tem permitido dotar as bibliotecas escolares de doze unidades orgânicas dos Açores de software e equipamentos que facilitam a comunicação.

O projeto referido, nesta quarta edição, irá abranger 209 alunos das escolas básicas integradas Roberto Ivens, Ribeira Grande, Capelas, Arrifes, Água de Pau, Rabo de Peixe e da Maia e das secundárias da Povoação, Nordeste e de Laranjeiras, em São Miguel. Também serão abrangidas as escolas básica integrada da Praia da Vitória e secundária Tomas de Borba, na Terceira.

‘Todos Juntos Podemos Ler’ assume-se como um projeto que visa, sobretudo proporcionar oportunidades de leitura para todos os alunos, por via da criação de bibliotecas escolares inclusivas.

Procura, ainda, assegurar reais oportunidades de leitura para todos os alunos, apresentando-se como espaço para o desenvolvimento das literacias da leitura, dos média e da informação.

Por seu turno, a Fundação PT afirma-se como motor de uma nova lógica social que tem por base a inclusão digital das populações com necessidades especiais.  As Soluções Especiais subsidiadas pela Fundação PT, adaptadas às necessidades dos cidadãos com deficiências, possibilitam o acesso à atividade escolar, profissional e social deste segmento da população.