Avelino Meneses, secretário regional da Educação e Cultura, assegurou que no próximo ano as construções do parque escolar da Região poderão ficar concluídas.

O secretário regional falava na Assembleia Legislativa, tendo frisado que as obras escolares na Calheta, em São Jorge, e na Canto da Maia, em Ponta Delgada, ficarão concluídas em 2019.

A par da prossecução das obras nas Capelas, em São Miguel, encontra-se “já lançado” o concurso para a empreitada da Escola de Rabo de Peixe, sendo que o projeto da escola dos Arrifes encontra-se em fase de revisão.

Por seu turno, o projeto de reabilitação da Escola Básica Integrada da Lagoa, na ilha de São Miguel, está em processo análise.

Na ótica de Avelino Meneses, com a conclusão das obras, os Açores ficarão “efetivamente” com o parque escolar “relativamente pronto”, sendo que o Governo Regional continuará a investir no restauro das escolas que não são alvo de intervenção há algum tempo.

No que respeita à área da cultura, a Região “está muito próxima” de alcançar o propósito de dotar cada uma das ilhas com uma unidade museológica de referência.

Esse propósito, de acordo com o secretário regional, está em vias de ser atingido com a consignação do Núcleo do Museológico de Vila do Porto do Museu de Santa Maria, com a inauguração do Museu do Tempo, no Corvo, e com o arranque do Museu Francisco de Lacerda em São Jorge.

No âmbito da cultura, Avelino Meneses destacou, ainda, o lançamento, em 2019, da segunda fase da obra do Museu Carlos Machado, em São Miguel, a recuperação da Torre e do Cinema do Aeroporto, em Santa Maria, e o projeto do Museu da Construção Naval, na ilha do Pico.

A propósito do desporto, a par do acréscimo de 250 mil euros para investimento no próximo ano, Avelino Meneses fez referência ao esforço do executivo no Estádio de São Miguel, atribuindo-lhe as condições necessárias para os jogos da primeira Liga, em que se encontra envolvida a equipa do Santa Clara.