Berto Messias, secretário regional Adjunto da Presidência para os Assuntos Parlamentares, garantiu que o Governo dos Açores “ouve com muita atenção” as preocupações dos professores e sindicatos representativos dos docentes da Região.

O secretário regional falava na Assembleia Legislativa, onde salientou que auscultar os professores “é uma responsabilidade do Governo por aquilo que representam para a sociedade açoriana e pela importância que têm na construção do futuro dos Açores”.

Berto Messias lamentou que os social democratas apresentem uma “paixão de verão, cedendo à tentação de aproveitar a onda de contestação na rua”.

“Não podemos esquecer que quem poderia apoiar o descongelamento das carreiras não o fez, não nos esquecemos quando o anterior primeiro-ministro, Passos Coelho, forte e convictamente apoiado pelo PSD/A, sugeria aos professores que emigrassem, que aproveitassem a língua portuguesa para ir para os países da CPLP dar aulas”, salientou.

De acordo com Berto Messias, o Governo dos Açores está ao lado dos professores e das reivindicações que são justas e corretas.