José Manuel Bolieiro, presidente da Câmara Municipal de Ponta Delgada, destacou a Educação enquanto elemento chave para a prevenção de dependências.

O edil falava no âmbito da sessão de abertura do I Encontro Regional de Prevenção – Açores, onde frisou que a dependência, com ou sem substâncias, assume-se como uma problemática vasta que diz respeito a todos.

Na ótica do autarca, é necessário apostar a formação e informação quanto ao reconhecimento de valores e princípios comportamentais e respetivas consequências que oscilam entre a inclusão e a marginalidade.

Bolieiro relembrou que o município de Ponta Delgada tem desenvolvido diversas ações de formação, sob intuito de prevenir dependências, dispondo, inclusive, do grupo PDL Saúde. Este último é composto por uma equipa multidisciplinar que desenvolve ações de sensibilização junto das escolas dos 1.º, 2.º e 3.º ciclos do ensino Básico e Secundário do concelho.

Nas ações mencionadas, que abrangem centenas de alunos, são abordados diversos temas de interesse, como obesidade, alimentação saudável, educação afetivo-sexual, saúde oral, alcoolismo, higiene corporal, entre outros.

O presidente fez, ainda, referência ao projeto ‘Casa dos Manaias’ que visa a intervenção junto da população em risco ou sem abrigo do centro histórico da cidade de Ponta Delgada.

O referido projeto tem por objetivo travar o aumento da população sem abrigo, promover a diminuição sempre que possível do número de pessoas nesta condição e fomentar uma maior humanização na intervenção.

Na ocasião, o presidente da autarquia felicitou a UAB – CLA Ribeira Grande e a Solidaried’Arte pela organização do I Encontro Regional Prevenção – Açores, enfatizando o seu cariz pioneiro.

O edil saudou, ainda, a Universidade Aberta pelos seus 30 anos ao serviço da Educação e a Solidaried’Arte, parceira da Câmara Municipal em diversas iniciativas de caráter preventivo e solidário, por mais esta iniciativa.