Hoje, em Ponta Delgada, decorreu a assinatura do contrato de concessão da ‘Bolsa José Medeiros Ferreira’ para frequência de uma pós-graduação no Colégio da Europa.

A bolsa foi atribuída à jovem Carolina Torres, licenciada em Estudos Europeus e Política Internacional pela dos Açores. Atualmente, a jovem, oriunda de Rabo de Peixe, integra o mestrado de Relações Internacionais: O Espaço Euro-Atlântico, também na academia açoriana.

“Sinto-me muito grata pela oportunidade de poder estudar numa das mais prestigiadas instituições de ensino superior. Sinto-me muito orgulhosa de poder representar os Açores no coração da Europa”, salientou Carolina Torres.

No ano letivo de 2018/2019, Carolina Torres estará no campus de Bruges, na Bélgica, a frequentar a pós-graduação em Estudos Políticos e de Governança Europeus.

A bolsa destina-se à comparticipação dos encargos com as propinas do curso, incluindo alojamento, alimentação e uma viagem de ida e volta entre a residência do aluno e o local do curso.

Rui Bettencourt, secretário regional Adjunto da Presidência para as Relações Externas, garantiu tratar-se de um colégio de referência a nível mundial que prepara, de forma intensa, jovens que são da área das Relações Externas.

“Todos os cinco jovens que frequentaram este curso arranjaram situações profissionais muito interessantes e desejamos as melhores felicidades. Vimos que a Carolina tem muita garra para fazer este curso”, afirmou o secretário regional.

Através desta iniciativa também se pretende homenagear o historiador e político açoriano José Medeiros Ferreira, falecido em 2014, que preparou e formalizou o pedido de adesão de Portugal às Comunidades Europeias, na qualidade de Ministro dos Negócios Estrangeiros.

Fundado em 1949, pelos líderes europeus da altura, nomeadamente Winston Churchill, Paul-Henri Spaak e Alcide de Gasperi, o Colégio da Europa assume-se como uma instituição de ensino privado, com reconhecido prestígio internacional e grandes tradições no estudo, análise e discussão de assuntos europeus.

Anualmente, a instituição acolhe, em Bruges e Natolin, na Polónia, cerca de 400 alunos de pós-graduação.