All posts in Noticias Sociedade

Orçamento Participativo Jovem 2018 com forte adesão na Lagoa

Ricardo Martins Mota, vice-presidente da Câmara Municipal de Lagoa, salientou que foram entregues 250 propostas, numa envolvência de 307 jovens lagoenses no Orçamento Participativo Jovem 2018 (OPJ).

Esta terceira edição registou um aumento de 288% de jovens participantes em relação ao ano anterior, situação que, de acordo com o autarca mencionado, orgulha o município.

“Não correspondem apenas a um número, mais do que isso, são 250 propostas de participação cívica, num verdadeiro exercício de dever de cidadania da juventude lagoense. São 307 jovens que pensaram, projetaram e deram o seu contributo naquilo que consideram ser importante, intervindo, desta forma, no poder democrático de decisão” – defendeu Ricardo Martins Mota.

As propostas apresentadas foram submetidas a uma análise por parte de uma equipa técnica que selecionou 41 finalistas, com projetos vocacionados para o desenvolvimento e diversão das várias freguesias do concelho.

De momento, decorre a terceira fase do projeto OPJ 2018 que incide na votação que irá culminar a 28 de maio. A votação poderá ser efetuada através do site http://opj.lagoa-acores.pt/

EPROSEC apresenta novos cursos

Comercial, Apoio à Gestão, Informática de Gestão e Rececionista de Hotel são os quatro novos cursos que integram a oferta formativa para o ano letivo 2018/2019 da EPROSEC, Escola Profissional do Sindicato de Escritório e Comércio da Região Autónoma dos Açores.

Sessão Nacional do Concurso Euroscola com destaque para alunas de São Roque do Pico

Carlota Ávila e Inês Ponte, alunas da Escola Básica e Secundária de São Roque do Pico, venceram a Sessão Nacional do Concurso Euroscola 2018, que decorreu na Assembleia da República.

Sob o tema ‘Igualdade de Género’, as vinte escolas presentes apresentaram os seus trabalhos perante um júri composto por representantes do Gabinete de Informação do Parlamento Europeu em Portugal, da Comissão para a Cidadania e Igualdade de Género e Rede Portuguesa de Jovens para a Igualdade de Oportunidades entre Homens e Mulheres.

Os alunos vencedores terão a oportunidade de participar em várias sessões de um dia, no Hemiciclo do Parlamento Europeu em Estrasburgo, sendo que cada sessão integra cerca de 500 jovens representantes dos Estados-membros da União Europeia.

O concurso Euroscola visa fomentar uma consciência acerca das possibilidades que a cidadania europeia fornece aos jovens, bem como, transmitir a função do Parlamentar Europeu no processo de decisão europeu.

Feira de Emprego arranca hoje na Universidade dos Açores

Inicia-se hoje, na Universidade dos Açores, a Feira de Emprego que visa promover o contacto entre os finalistas e as empresas da Região, dando a conhecer as diversas oportunidades profissionais existentes.

A iniciativa, que se realiza no Hall da Aula Magna pelas 13h, tem a duração de dois dias e permite que os alunos visitem stands de algumas empresas, designadamente a Cresaçor, o Banco Santander, o Novo Banco dos Açores, a EDA, o Exército – Zona Militar dos Açores, a AIESEC, o MOVE ONG, a Estagiar L e a Delta.

A feira contará, ainda, com um ciclo de palestras intitulado ‘À conversa com’ que irá decorrer no Auditório Norte, apresentando uma duração de 30 minutos. As palestras têm por intuito dar a conhecer algumas das empresas regionais mais importantes.

Os alunos podem levar o seu currículo atualizado, se assim o desejarem.

O ciclo mencionado inicia-se pelas 13h:30 com a Delta, à qual se sucede a palestra do Azor Hotel pelas 15h:30. O segundo dia de palestras conta com a presença da Ilha Verde, pelas 13h:30, e da Estagiar L às 15h:30.

A Feira do Emprego assume-se como uma iniciativa da Organização Não Governamental MOVE, em parceria com a Associação Académica da Universidade e com a própria Academia. A MOVE tem por objetivo combater a pobreza por via do empreendedorismo social.

Escola da Calheta promove vídeo para a Make a Wish Foundation

A Escola da Calheta, na ilha de São Jorge, desenvolveu um vídeo para a Make a Wish Foundation, uma organização sem fins lucrativos que realiza o desejo a crianças que se apresentam em risco de vida.

A escola mencionada encontra-se, neste momento, em décimo segundo lugar, necessitando de alcançar o décimo para se submeter ao concurso com júri composto pela Rita Redshoes que compôs a música do vídeo. A votação termina esta quinta, pelas 11h.

Pode consultar o vídeo e votar em: https://www.youtube.com/watch?v=8TbWaYRrAhg

Formação em Marketing Digital na Terceira e São Miguel

Na Terceira, a formação de Marketing Digital decorrerá na Academia de Juventude, de 18 e 20 de maio. Por seu turno, em São Miguel, a formação inicia-se a 25 de maio, terminando no dia 27, no Teatro Micaelense.

A inscrição apresenta um valor de 35 euros, sendo que os detentores de Cartão Interjovem terão um desconto de 10 euros.

A formação de Marketing Digital enquadra-se no Plano Formativo da Academia J que visa reforçar a qualificação e a empregabilidade dos jovens dos Açores.

Escola de Rabo de Peixe, da Povoação e de Vila Franca do Campo em destaque no concurso IdeiAçores 2018

Créditos de imagem: Educação Empreendedora.

A oitava edição do Concurso IdeiAçores 2018 terminou com três projetos vencedores desenvolvidos por alunos da Escola Básica e Integrada de Rabo de Peixe, da Escola Básica e Secundária da Povoação e da Escola Profissional de Vila Franca do Campo.

O projeto ‘Aré Aré’, concebido por alunos do segundo ciclo da EBI de Rabo de Peixe, foi um dos primeiros classificados. A EBS da Povoação destacou-se com o projeto ‘Conteirices’ e a Escola Profissional de Vila Franca do Campo com a iniciativa ‘Bombons do Vale’.

O concurso IdeiAçores decorreu de 9 a 11 de maio, numa ótica de preparação dos jovens na lógica de empreendedorismo, de justiça social e de fomento do espírito empreendedor juvenil.

Alunos da Escola Secundária das Laranjeiras dedicam-se à criação de robots

A Escola Secundária das Laranjeiras, em São Miguel, dispõe de um Clube da Robótica, a funcionar há cerca de um mês e meio.

Sérgio Silva, um dos fundadores do clube mencionado, salientou que se pretende conferir aos jovens a possibilidade de adquirir competências práticas na componente da eletrónica e da robótica.

“Permite-se que os jovens mexam com determinados materiais, desenvolvam uma articulação entre disciplinas e interajam. A par disso, transmite-se a ideia de abrangência da tecnologia, a qual não se limita à programação”, garantiu Sérgio Silva à MegaJovem.

Recorrendo à eletrónica e à robótica, naquele clube criam-se diversas maquetes com materiais eletrónicos e reciclados.

Geraldo Cabeceiras é um dos jovens que frequenta o Clube da Robótica e que, neste momento, se dedica à criação de uma impressora 3D. “Desde pequeno gostei de montar e desmontar peças e tive familiares envolvidos nessa área, por isso decidi arriscar neste clube e fiquei a gostar”, explicou o jovem.

Geraldo Cabeceiras, juntamente com mais dois colegas, tem de seguir um conjunto de instruções para finalizar o seu projeto. “Temos de estar atentos e seguir passo a passo cada uma das instruções de montagem. Por vezes é difícil, mas tem corrido bem. Os alunos gostam sempre deste tipo de prática”, frisou.

Outro dos projetos consiste num carro robot que está a ser construído pelo jovem António Corvelo. “Eu gosto de praticar, de fazer montagens. É um pouco difícil devido às ligações que tenho que fazer, mas estou a gostar muito porque estou a aprender algo novo. O carro será automático”, afirmou António.

Em fase final surge a Mão Robótica, maquete construída em cerca de quatro aulas. “A Mão Robótica pega em objetos até, aproximadamente 100 gramas. É controlado pelo comando ou computador e alimentado com pilhas”, salientou o jovem Hugo Soares, um dos criadores da Mão Robótica.

Rodrigo Raposo é um dos jovens que se está a dedicar à construção de um Braço Mecânico. “Eu estou gostando e a construção está a ser normal, não muito difícil. Estou a construir um motor para levantar peças. Este é um projeto de cinco aulas”, adiantou. Paulo Benevides também contribui para a construção do Braço Mecânico. “Há vezes em que é difícil porque tem muitos pormenores. Eu gosto é da prática, do montar as peças, a parte teórica não é para mim”, defendeu.

Henrique Medeiros é outro dos membros do clube. “Sempre gostei muito de robots e tecnologia. Construí este robot com materiais reciclados. Estou a gostar muito porque estou a aprender e, ao mesmo tempo, a divertir-me”, destacou.

O Clube da Robótica engloba cerca de 25 membros, sendo a aderência positiva. “Estamos aqui apenas há um mês e meio e já temos todos estes jovens. Há alunos que não estão inscritos no clube, mas que ao verem os trabalhos, ficam entusiasmados. Os alunos que integram a Educação Tecnológica são os que mais aderem”, explicou o docente Sérgio Silva.

Sérgio Silva foi um dos fundadores do Clube da Robótica, uma iniciativa que contou com o apoio da direção regional da Ciência e Tecnologia.

Rádio a animar os intervalos da Escola Secundária Domingos Rebelo

A rádio da Escola Secundária Domingos Rebelo (ESDR) resultou do Orçamento Participativo Escolar e atualmente é gerida por quatro alunos do terceiro ciclo e supervisionada por três professores daquela instituição.

Durante os intervalos, três alunos do oitavo ano e um do sétimo animam os intervalos com a divulgação de músicas. “Passamos todo o tipo de músicas que os alunos nos pedem. Há vezes em que vêm aqui bater à porta do estúdio para escolher músicas, por exemplo, aquando de aniversários ou pedir para divulgar dedicatórias, frases, etc.” – explicou Rodrigo Amaral, membro da rádio da ESDR.

Rodrigo Amaral confessou ter aderido à rádio pela música. “Não quero ser jornalista, fazer notícias não é para mim. Gosto é mesmo de animar, de passar as músicas nos intervalos” – explicou o jovem.

Às quartas feiras a rádio fica disponível para os professores efetuarem divulgação de informações internas à escola, como dias comemorativos e eventos. Gilberto Cardoso, um dos professores responsáveis por orientar os alunos na rádio escolar, garantiu à MegaJovem que rádio se restringe à divulgação de conteúdos noticiosos internos, pelo que a partilha de notícias exteriores será inexistente.

Oitava edição do Concurso Regional IdeiAçores arrancou hoje

Hoje, no Teatro Micaelense, decorreu a abertura do concurso IdeiAçores que se apresenta como o culminar de cada uma das edições do programa ‘Educação Empreendedora: O Caminho do Sucesso’.

O programa destina-se a todos os alunos do ensino Básico, englobando os do 1º ciclo, ensino Secundário e Profissional, visando fomentar o espírito empreendedor juvenil.

O concurso, a decorrer de 9 a 11 de maio, integra três vertentes, designadamente a preparação dos jovens na lógica de empreendedorismo económico e para a vida, a justiça social e a oportunidade de criação de emprego, numa lógica de futuro.

“No projeto da Educação Empreendedora do ano de 2017/2018 [há] à volta de 3000 alunos envolvidos, número que se torna mais significativo se pensarmos no trajeto deste projeto que já tocou cerca de 20.000 mil alunos na nossa Região” – garantiu Vasco Cordeiro, presidente do Governo Regional.

O empreendedorismo, na ótica de Vasco Cordeiro, assume-se como um dos caminhos para que no “futuro tenhamos açorianas e açorianos cada vez mais conscientes e críticos relativamente ao que lhes rodeia”.