All posts in Noticias Política

‘Walk & Talk’ faz das cidades “verdadeiros roteiros artísticos”

Créditos de imagem: Direção Regional da Juventude.

Lúcio Rodrigues, diretor regional da Juventude, defende que apoiar o festival anual de Artes ‘Walk & Talk’ é uma mais valia, dado ser sinónimo de uma aposta na criatividade e na recuperação urbana.

O diretor regional elogiou o impacto do festival mencionado não só em São Miguel, como também na ilha Terceira, razão pela qual conclui que os apoios do Governo dos Açores assumem-se “como uma aposta ganha”.

Lúcio Rodrigues relembrou que o ‘Walk & Talk’ já integrou mais de duas centenas de criadores e coletivos artísticos em residência, com vista à criação de trabalhos inéditos nos Açores.

“Contamos, em São Miguel e na ilha Terceira, com cerca de uma centena de obras visitáveis, entre pinturas e instalações, que animam as nossas cidades e que se afirmam como um verdadeiro roteiro artístico destas duas ilhas” – salientou Lúcio Rodrigues.

Na ótica de Lúcio Rodrigues, o festival fornece aos jovens açorianos a possibilidade de se afirmarem de forma criativa e artística.

“O Governo dos Açores, não apenas através da direção regional da Juventude, mas também através de outros departamentos e direções regionais, tem estado e continuará a estar disponível para ser parceiro deste tipo de projetos, importantíssimos para a juventude açoriana” – concluiu Lúcio Rodrigues.

 

Sessão de apresentação do Orçamento Participativo dos Açores contou com a presença de Berto Messias

Berto Messias, secretário regional Adjunto da Presidência para os Assuntos Parlamentares, esteve presente na terceira sessão de apresentação do Orçamento Participativo dos Açores que decorreu na ilha Graciosa.

Na qualidade de temáticas do OP Açores surge o Ambiente, a Inclusão Social e o Turismo, áreas acerca das quais todos os cidadãos residentes em Portugal podem apresentar propostas.

A Juventude assume-se, também, como outra temática, a qual se desdobra em três temas, designadamente Cidadania, Hábitos de Vida Saudável e Tecnologia. Nos três temas referidos são os jovens que ficam responsáveis por elaborar propostas.  A par disso, é conferida a possibilidade de as ideias serem apresentadas individualmente ou em grupo.

As antepropostas devem ser submetidas no website op.azores.gov.pt, havendo, ainda, a possibilidade de serem apresentadas nos encontros participativos, previstos em todas ilhas, a partir do dia 19 de março até ao dia 30 de abril.

 

Parlamento dos Jovens arranca com debate sobre “Igualdade de Género. Um Debate para todos”

Créditos de imagem: Direção Regional da Juventude.

A sessão regional do Parlamento dos Jovens 2018, do ensino básico, iniciou-se hoje na sede da Assembleia Legislativa dos Açores, na ilha do Faial.

“Igualdade de Género. Um debate para todos” assume-se como a temática a debater, a qual pode ser acompanhada em direto em http://www.alra.pt/index.php/plenario-on-line durante os dias 5 e 6 de março.

“A minha mensagem para vós é que, enquanto jovens que pensam diferente e agem de uma forma muito própria, permitam que a palavra igualdade seja aplicada na sua plenitude, para que o vosso tempo seja aquele em que se concretize uma efetiva mudança de mentalidades no que à igualdade de género diz respeito” – salientou Ana Luís, Presidente da Assembleia Legislativa dos Açores.

Este programa é dirigido aos jovens dos 2º e 3º ciclos do ensino básico e secundário, terminando com a realização de duas sessões nacionais na Assembleia da República.

“Autonomia regional deve ser alargada à segurança e às finanças”, defende Carlos Melo Bento

Hoje decorreu a segunda sessão do Ciclo de conferências da Escola Secundária Antero de Quental que contou com a presença de Carlos Melo Bento, advogado e historiador, numa reflexão sobre o movimento autonómico dos Açores.

Na ótica de Carlos Bento, a autonomia dos Açores necessita de um aumento dos poderes, sobretudo no que se refere à segurança e às finanças.

“Os órgãos autonómicos têm que ter poder legislativo e administrativo que abranja as finanças e a nossa segurança. As polícias têm que ser dependentes diretamente de nós. O exército não porque não faz parte da autonomia” – garantiu Carlos Melo Bento à MegaJovem.

O historiador destacou o contributo da Escola Secundária Antero de Quental para o processo autonómico, salientando que “todos os grandes autonomistas andaram nestas cadeiras. Foi o liceu que criou as vias de acesso ao ensino superior que depois permitiu aos autonomistas idealizarem uma autonomia”.

Ulisses Barata, diretor do conselho executivo da Escola Secundária Antero de Quental, salientou que o ciclo de conferências que está a decorrer permite transmitir aos alunos a importância e o contributo da escola em questão para a conquista de liberdade do povo açoriano.

A primeira sessão do Ciclo de Conferências da Escola Secundária Antero de Quental contou com a presença João Bosco Morta Amaral, cuja reflexão também incidiu no processo autonómico açoriano.

V Congresso da Juventude Popular Açores contará com a presença de Artur Lima

É já amanhã, pelas 18h:30, que se irá iniciar o V Congresso da Juventude Popular Açores (JP/A) que contará com a presença de Artur Lima, presidente do CDS Açores.

A intervenção do presidente está agendada para as 19h:45, momento anterior ao qual irá discursar Alonso Miguel, presidente cessante da JP/A.

Os trabalhos do congresso regional irão retomar no sábado, dia 3 de março, com a intervenção de André Castro, presidente da comissão organizadora do congresso e secretário-geral da JP/A. Serão também apresentadas, debatidas e votadas as moções de estratégia global e sectorial. A par disso, irá proceder-se à eleição dos órgãos regionais da JP Açores.

A sessão de encerramento irá integrar a intervenção do presidente da JP/A e do presidente nacional, Francisco Rodrigues dos Santos.

Berto Messias apela à participação no concurso Labjovem

Berto Messias, secretário regional Adjunto da Presidência para os Assuntos Parlamentares, anunciou o prolongamento do prazo de candidaturas para o concurso de jovens criadores “Labjovem”.

O alargamento até ao dia 30 de abril surge da necessidade de haver uma maior divulgação do projeto junto dos estabelecimentos escolares. Neste contexto, Berto Messias adiantou ser fulcral apelar à participação de todos os jovens açorianos “com inovação, arrojo e novas ideias”.

“Num mundo com fronteiras cada vez mais indefinidas e onde a evolução tecnológica e digital nos aproximam, mas também nos tornam mais globais e cosmopolitas, só nos conseguiremos afirmar com mais criatividade e com mais inovação” – concluiu o secretário regional.

O concurso dirige-se a jovens entre os 18 e os 35 anos, de naturalidade açoriana ou que residam na Região há, pelo menos, dois anos. O Labjovem surge de uma parceria estabelecida entre o Governo dos Açores e a Associação Cultural Burra de Milho, que assinala este ano o seu 10º aniversário.

A ficha de inscrição e demais informações relativas ao concurso estão disponíveis em:  www.labjovem.pt

Lúcio Rodrigues apresenta “IdeiAçores” na Horta

Créditos de imagem: Gacs.

Lúcio Rodrigues, diretor regional da Juventude, apresentou o concurso intitulado “IdeiAçores” que se destina a alunos do ensino básico, secundário e profissional.

A apresentação decorreu hoje, na Horta, no âmbito da ronda final de visitas a nove escolas das ilhas de São Jorge, Pico e Faial. O concurso “IdeiAçores” corresponderá ao culminar do programa “Educação Empreendedora: O Caminho para o Sucesso”, o qual integra 48 escolas da Região.

O programa “Educação Empreendedora” visa, de acordo com o diretor regional, fomentar o potencial empreendedor nos jovens, bem como, o espírito de iniciativa e de dinamismo.

O “Summer Camp” IdeiAçores irá decorrer de 9 a 11 de maio na ilha de São Miguel, englobando cerca de 100 alunos. Ao longo destes dias, os jovens irão desenvolver ideias para negócios, sendo que o projeto finalista será apresentado pelos vencedores em Lisboa.

“É notável a forma como os jovens, apoiados pelos professores integrados neste programa desenvolvem ideias, algumas imediatamente viáveis no mundo dos negócios, outras que poderão servir de embrião para projetos futuros” – salientou Lúcio Rodrigues

Comissão política regional da JSD/A reúne no próximo sábado

No próximo sábado, decorrerá a segunda reunião da Comissão Política Regional da Juventude Social Democrata Açores (JSD/A), na ilha do Faial.

Flávio Soares, líder da JSD/A, adianta que a reunião visa a análise da atual situação política interna e externa, bem como, a delineação dos próximos passos da JSD/A através de opiniões e sugestões.

O encontro irá juntar o principal órgão regional da JSD/A com todos os presidentes das Comissões Políticas de Ilha e realiza-se fora da ilha de São Miguel numa “lógica de proximidade da juventude Açoriana”.

Encontro Nacional de Estudantes Açorianos conta com apoio do Governo Regional

Berto Messias, secretário regional Adjunto da Presidência para os Assuntos Parlamentares, salientou que o Governo dos Açores apoia a realização da segunda edição do Encontro Nacional de Estudantes Açorianos.

“Associamo-nos a este evento, em parceria com a Associação de Jovens Açorianos – Unidos Pelos Açores, esperando que, depois do evento do ano passado e desta segunda edição, seja possível criar um evento regular e cada vez com mais participantes” – frisou Berto Messias.

Na ótica do secretário regional, iniciativas como esta são fundamentais ao contribuírem para a fixação na Região de jovens açorianos que estudam no exterior.

Após o encontro com o coordenador da comissão organizadora do evento, Berto Messias garantiu que este tipo de eventos promove a Região e os instrumentos públicos de apoio para a criação de emprego, de empresas e de novas oportunidades para os participantes.

A par disso, segundo o secretário regional, dado ser organizado “numa dinâmica jovem”, o evento favorece a proatividade dos mesmos e o desenvolvimento de debates e experiências que se traduzem no enriquecimento curricular.

A segunda edição do Encontro Nacional de Estudantes Açorianos decorrerá em março e integrará diversos workshops formativos e painéis acerca de temas como o empreendedorismo e a valorização do papel dos jovens na construção do futuro dos Açores.

 

×