All posts in Noticias Política

Flávio Soares, o novo vice-presidente do congresso da JSD

Flávio Soares, presidente da JSD/A, foi eleito vice-presidente da mesa do congresso nacional da Juventude Social Democrata, defendendo que os Açores saíram reforçados nos órgãos nacionais.

Ao líder regional nos órgãos nacionais da JSD juntam-se André Soares, Eunice Pinheiro Sousa, Luís Ramos Freitas e Vitória Silva. Na qualidade de vogal suplente na Comissão Política Nacional, surge Eunice Pinheiro Sousa, sendo André Soares, Luís Ramos Freitas e Vitória Silva os três novos conselheiros nacionais da JSD.

“Não é a primeira vez que existe um açoriano na mesa que preside ao órgão máximo da estrutura, mas esta eleição representa mais uma fonte de energia para o trabalho que é preciso ser feito nos Açores” – salientou Flávio Soares.

O presidente da JSD/A adiantou que o reforço dos Açores nos órgãos nacionais foi, também, alcançado pela aprovação da sua proposta sectorial ‘Um Abraço de Mar’, a qual apela à integração dos arquipélagos dos Açores e Madeira no Programa Nacional para a Coesão Territorial.

Protocolo da rede de Centros de Desenvolvimento e Inclusão Juvenil integra um número superior de parceiros

Esta tarde, o Instituto de Segurança Social dos Açores celebrou protocolo de cooperação com diversas entidades, com vista a promover a integração social dos jovens em situação de risco, aos níveis da sua identidade pessoal, familiar, escolar, profissional e comunitária.

Andreia Cardoso, secretária regional da Solidariedade Social, adiantou que o protocolo assinado, comparativamente com o anterior, congrega um número superior de entidades.

O aumento dos parceiros surge como resposta um conjunto de novas necessidades que carecem de solução e que foram identificadas pelos Centros de Desenvolvimento e Inclusão Juvenil (CDIJ).

Os CDIJ apontaram como necessidades a formação e a capacidade de lidar com a problemática das dependências, não só a nível de prevenção, como também do acompanhamento de jovens que tenham iniciado consumos.

“Outro aspeto importante é a abrangência em termos de faixa etária. Passa a incluir jovens até aos 25 anos de idade. Estas alterações acontecem em resultado do diagnóstico que foi feito pelos próprios CDIJ” – garantiu à Andreia Cardoso à MegaJovem. O alargamento da faixa etária, na ótica da secretária regional, mostrou-se determinante, tendo em conta que os CDIJ pretendem fomentar a inclusão dos jovens no mercado de trabalho.

“Esta luta que travamos diariamente não é uma luta de um departamento do Governo Regional, é transversal a vários departamentos do Governo Regional, a várias instituições” – concluiu a secretária regional.

De entre os parceiros do protocolo surge a direção regional da Juventude, da Saúde, da Educação do Emprego e Qualificação Profissional, de Prevenção e Combate às Dependências, do Desporto, a Santa Casa da Misericórdia de Vila Franca do Campo e da Ribeira Grande, entre muitos outros.

Inclusão de jovens com comportamentos desviantes com apoio da direção da regional da Juventude

Lúcio Rodrigues, diretor regional da Juventude, salientou que o Governo Regional irá apoiar a inclusão de jovens com comportamentos desviantes através de uma prova do Azores Trail Run.

No final de uma reunião com Mário Leal, coordenador do projeto Azores Trail Run, Lúcio Rodrigues destacou a importância do desporto enquanto motor de inclusão de jovens.

“Ao participar em atividades desportivas, o jovem conhece outras pessoas, sente-se mais incluído na sociedade, melhora a sua autoestima, a sua condição física e afasta-se de outros hábitos, potencialmente mais nefastos, como a toxicodependência, o alcoolismo ou o tabagismo” – adiantou o diretor regional.

Lúcio Rodrigues apelou os jovens a praticarem mais em atividades desportivas, destacando a participação em provas de ‘trail run’, uma vertente da corrida em forte expansão.

“Temos vindo a trabalhar para fortalecer e amplificar a participação cívica dos jovens na nossa sociedade. O Governo dos Açores tem-no feito de uma forma transversal, através dos diversos programas da Direção Regional da Juventude e de outros departamentos governamentais” – concluiu Lúcio Rodrigues.

 

 

Diretor regional das Pescas defende sensibilização dos mais novos

Luís Rodrigues, diretor regional das Pescas, considera fundamental sensibilizar os mais novos para a sustentabilidade dos oceanos e dos recursos marinhos.

O diretor regional esteve presente na entrega de exemplares em braille do livro infantil ‘O mar e a pesca’ à Associação dos Cegos e Amblíopes de Portugal (ACAPO), iniciativa que assinalou o Dia Internacional do Livro Infantil.

Da autoria de Francisco Portela Rosa, o livro infantil assume-se como o resultado do projeto de um Grupo de Ação Local da Pesca do Alto Minho e incide em temas como as espécies piscícolas, o mar, a alimentação saudável, as artes de pesca e o futuro dos oceanos.

Já estão agendados os encontros de participação pública do Orçamento Participativo de Ponta Delgada

De 3 a 30 de abril irão decorrer os Encontros de Participação Pública no âmbito da 5º edição do Orçamento Participativo de Ponta Delgada.

A iniciativa dedica-se aos cidadãos a partir dos 16 anos de idade, aos quais é conferida a possibilidade de apresentar propostas que visam melhorar as suas ruas, desenvolver as suas freguesias e concelho.

As propostas serão apresentadas nos Encontros de Participação Pública, cujo agendamento já se encontra disponível. O primeiro encontro, relativo aos Arrifes e à Covoada, irá realizar-se a 3 de abril, pelas 20h no Salão Liga de Amigos. O último encontro irá efetuar-se a 30 de abril e será dedicado às freguesias de São José e Santa Clara. Todos os locais dos encontros são acessíveis a pessoas com mobilidade reduzida.

 

Projetos na área da juventude: um investimento de cerca de 206 mil euros

O Governo dos Açores aprovou mais de uma centena de projetos na área da juventude, num investimento superior a 206 mil euros.

As iniciativas aprovadas enquadram-se nas áreas da criatividade, incentivo ao associativismo, mobilidade dos jovens e ocupação de tempos livres.

“Dizer que o futuro dos jovens não é um cliché ou uma frase de circunstância, é uma verdade inquestionável que materializamos na nossa ação política. O investimento que fazemos agora no apoio aos projetos que nos foram apresentados mostra isso mesmo” – salientou Berto Messias, secretário regional Adjunto da Presidência para os Assuntos Parlamentares.

Cerca de quatro projetos, envolvendo 470 jovens, foram aprovados na área da Cidadania e Voluntariado Local e Internacional. No âmbito da Mobilidade Jovens, que fomenta a mobilidade regional, nacional e internacional dos jovens, foram aprovados 66 projetos.

Um total de 42 jovens açorianos irão deslocar-se para os Estados Unidos da América, Eslováquia e Inglaterra na sequência da aprovação de três projetos relativos à Mobilidade Internacional.

Na área da criatividade destacam-se 30 projetos aprovados no que se refere ao programa ‘Põe-te em Cena’. Por seu turno, foram aprovados oito projetos no âmbito da Ocupação de Tempos Livres.

Governo Regional vai reforçar a Rede Regional dos Centros de Desenvolvimento e Inclusão Juvenil

Andreia Cardoso, secretária regional da Solidariedade Social, garantiu que o Governo Regional vai apostar no reforço da Rede Regional dos Centros de Desenvolvimento e Inclusão Juvenil (CDIJ).

De acordo com a secretária regional, prevê-se que até ao final do primeiro semestre deste ano seja implementado, em parceria com a Santa Casa da Misericórdia de Santa Cruz da Graciosa, o CDIJ da Graciosa, com capacidade para 20 jovens

“Os CDIJ são espaços que promovem o desenvolvimento de atividades sociais positivas, agregadas a outras estruturas de informação/formação fortemente associadas a uma intervenção psicossocial, quer sobre os jovens em risco, quer sobre a respetiva envolvente familiar e comunitária” – salientou Andreia Cardoso.

Na ótica da secretária regional, é fundamental intensificar esta intervenção sistémica em torno do jovem em risco, a fim de se prevenir, entre diversos aspetos, um aumento da delinquência juvenil, do consumo e tráfico de substâncias.

Nos açores existem, atualmente, 10 Centros de Desenvolvimento e Inclusão Juvenil, designadamente na ilha de São Miguel, Terceira e Faial, numa capacidade para acompanhar 800 jovens.

“O Governo Regional prefere manter os jovens açorianos debaixo do seu jogo de incerteza”

Flávio Soares, presidente da JSD/A, defende que o PS/A desvaloriza a criação de postos de trabalho sustentáveis na administração regional.

O PS/A “prefere manter os jovens em estágios, do que criar postos de trabalho sustentáveis na administração regional”, salientou o presidente, referindo-se ao chumbo do ‘Programa Gerações’.

“O Governo Regional prefere manter os jovens açorianos debaixo do seu jogo de incerteza do que, com a aprovação do ‘Programa Gerações’, permitir a entrada de centenas de jovens na administração regional, compensando a saída, por aposentação voluntária, de funcionários públicos com mais de 60 anos” – afirmou Flávio Soares.

O ‘Programa Gerações’ integrava-se no programa eleitoral do PSD/A e deu entrada, em 2017, na Assembleia Legislativa, projeto legislativo que foi chumbado esta semana pelo Partido Socialista e pelo Partido Comunista Português.

Flávio Soares concluiu que “aqueles que neste momento governam os Açores serão julgados, pela História, por o que fazem a uma geração inteira”, salientando que os socialistas “já sentiram que o seu reinado terá um fim”.

 

‘Tu Fazes a Diferença’: o novo sistema do voluntariado jovem

‘Tu Fazes a Diferença’ assume-se como uma nova plataforma digital de voluntariado jovem que foi apresentada hoje pelo Governo dos Açores.

Berto Messias, secretário regional Adjunto da Presidência para os Assuntos Parlamentares, salientou que a plataforma estabelece uma comunicação direta entre os jovens voluntários e a entidade, a quem cabe a escolha do candidato.

“Serão divulgados os projetos de voluntariado de instituições particulares de solidariedade social, associações juvenis, organizações não governamentais ou juntas de freguesia” – frisou o secretário regional, referindo-se à plataforma.

Na qualidade de áreas elegíveis para os projetos de voluntariado surge o apoio a crianças, idosos e pessoas portadoras de deficiência, projetos na área da educação e alfabetização, desenvolvimento comunitário, exclusão social, proteção do ambiente, entre muitas outras.

A direção regional da Juventude gere a plataforma, sendo responsável por validar as candidaturas das entidades e dos jovens, bem como, os direitos e responsabilidades de ambas as partes.

Poderá consultar a plataforma em: https://voluntariadojovem.azores.gov.pt/

Diretora regional de Prevenção e Combate às Dependências elogia equipas de saúde escolar

Suzete Frias, diretora regional de Prevenção e Combate às Dependências, elogiou o papel desempenhado pelas equipas de saúde escolar, no âmbito da VIII Feira da Saúde realizada na Escola Secundária da Ribeira Grande.

Na ótica da diretora regional, as equipas mencionadas contribuem para a tomada de decisões favoráveis à saúde das crianças e jovens, bem como, para a prevenção de comportamentos de risco.

“O contexto escolar, além da função pedagógica, tem também uma função social voltada para a transformação da sociedade, para o exercício da cidadania e para o acesso às oportunidades de desenvolvimento e de aprendizagem, fundamentos que justificam o papel das equipas de saúde escolar, com uma taxa de cobertura de 100% nas escolas” – salientou a diretora regional.

No que respeita à Feira da Saúde, Suzete Frias adiantou ser um mecanismo de aprendizagem, onde a saúde pode ser considerada um “direito de cidadania”.

“É necessário envolver os alunos, a comunidade escolar em geral, trabalhar os valores, as crenças, os mitos e as representações que se tem do que é ser saudável e das múltiplas faces do estar saudável” – concluiu Suzete Frias.

 

×
Mega Jovem