All posts in Noticias Política

PSD/A apresenta relatório sobre o estado do ensino profissional

Duarte Freitas, presidente do PSD/A, garantiu que o partido irá apresentar no parlamento um relatório de interesse regional sobre o estado do ensino profissional na Região.

“Da profunda análise que fizemos a este nível de ensino fica, para já, uma grande conclusão: quem está no terreno sente que o ensino profissional é considerado, por parte de quem governa, como um parente pobre do sistema educativo regional”, frisou o líder dos social democratas.

O relatório de interesse regional sobre o estado do ensino profissional integra, ainda, um conjunto de recomendações do PSD/A assentes em cinco grandes linhas de ação.

As propostas incidem na abertura de mais turmas nas escolas profissionais da Região, na abrangência de todas as ilhas e concelhos da Região com oferta de formação profissional e na definição de áreas vocacionais em função da realidade económica e social de cada ilha ou concelho.

A par disso, os social democratas propõem o envolvimento da comunidade educativa e dos agentes económicos na definição das ofertas formativas, bem como, o devido e atempado financiamento no ensino profissional.

O relatório em questão visa, de acordo com Duarte Freitas, contribuir para “suplantar o atraso educativo dos Açores face aos padrões europeus, elevando, assim, o nível de formação e qualificação das próximas gerações de açorianos”.

Coordenado pelo deputado Jorge Jorge, o documento será apresentado na próxima sessão plenária do parlamento dos Açores.

Universidade e comunidade devem ser mais próximas, segundo Bolieiro

José Manuel Bolieiro, presidente da Câmara Municipal de Ponta Delgada, defendeu a ideia de uma maior proximidade entre a universidade e a comunidade.

O autarca falava na Universidade dos Açores, no decorrer da entrega dos certificados de participação do programa ‘Verão Jovem na UAc”.

“Tenho procurado dizer que é importante que a universidade esteja na cidade e a cidade na universidade. A sociedade não matriculada deve ver na universidade também um espaço de convívio, de comunicação e de contacto”, salientou.

O presidente aproveitou, ainda, para elogiar os jovens ao aproveitarem a oportunidade proporcionada pela academia.

O programa ‘Verão Jovem na UAc 2018’ integrou 38 jovens do 7º ao 9º ano, sendo dedicado, na próxima semana, a jovens do 9º ao 12º ano.

Universidade de Verão da JSD/A com arranque em agosto

Hoje, teve lugar a apresentação da 5ª edição da Universidade de Verão da Juventude Social Democrata dos Açores (JSD/A), que decorrerá a 30 de agosto, em Santa Maria.

São cinco os painéis que compõem o programa da iniciativa, os quais serão dedicados ao turismo, ao poder local, à agricultura, à inovação e tecnologia e à comunicação.

À semelhança da edição anterior, este ano irão realizar-se visitas de estudo à Associação Maré de Agosto, à Associação para a Valorização e Promoção do Aeroporto de Santa Maria, à Fábrica da Baleia e à Quinta Coração da Ilha do hortofruticultor Pedro Moura. “Isto dá uma dinâmica diferente à Universidade de Verão e cria uma logística de mostrar a ilha e as suas principais atrações aos alunos”, salientou Flávio Soares, presidente da JSD/A, a propósito das visitas de estudo.

O líder da JSD/A adiantou que dos 30 alunos inscritos, apenas quatro são militantes, situação que revela “que esta não é uma iniciativa para a JSD/A ou para o PSD/A”, mas para “todos os jovens açorianos”.

A Universidade de Verão da JSD/A assumiu-se como um projeto lançado por Duarte Freitas, aquando da sua eleição para a presidência do PSD/A, em 2013, tendo arrancando no ano seguinte. A este propósito, o líder dos social democratas adiantou que o projeto “é o principal legado” que deixa ao seu partido.

“A Universidade de Verão afirma-se, hoje, na Região como um espaço de formação política e cívica. Este projeto irá continuar sempre porque é fundamental para a JSD e para a juventude açoriana”, garantiu Duarte Freitas.

A Universidade de Verão da JSD/A prolonga-se até ao dia dois de setembro, na Biblioteca Municipal de Vila do Porto.

 

Presidente da República recebe 50 jovens

Marcelo Rebelo de Sousa, Presidente da República, irá receber amanhã, pelas 14h, 50 jovens, entre os 15 e os 17 anos, com histórico de insucesso e risco de abandono escolar.

Após a visita ao Palácio de Belém, os jovens serão recebidos no Gabinete do Sacramento, às 16h, por Aníbal Cavaco Silva, anterior Chefe de Estado.

Os estudantes do 8º e 9º ano do Ensino Público são apoiados pela EPIS, Empresários pela Inclusão Social, tendo frequentado um dos programas de recuperação da Associação por via do qual alcançaram um aumento de 14 pontos percentuais no peso das notas positivas face às negativas no 2º período.

Dado o desempenho positivo no atual ano letivo, os alunos participam na expedição EPIS que incide numa semana de experiências pelo país. Os encontros com o Presidente da República e com o anterior Chefe de Estado integram o roteiro mencionado.

A expedição EPIS prolonga-se até ao dia seis de julho, onde os jovens irão visitar as exposições da Fundação Millenniumbcp e da Fundação Calouste Gulbenkian, finalizando uma semana repleta de experiências.

Os 50 alunos que participaram na expedição EPIS são de escolas das ilhas de São Miguel e Terceira e dos concelhos de Amadora, Campo Maior Évora, Loures, entre muitos outros.

“O nosso ambiente é da responsabilidade de todos nós”

“O nosso ambiente é da responsabilidade de todos nós”, frisou José Leonardo Silva, presidente da Câmara Municipal da Horta, no âmbito do hastear da Bandeira Eco-Escolas 2017, na Escola Profissional da Horta.

No que respeita à gestão do Centro de Processamento de Resíduos e às campanhas e ações de educação e sensibilização ambiental, o autarca frisou que se têm efetuado “passos muito firmes e importantes”.

O galardão Eco-Escolas visa fomentar ações, reconhecer o trabalho de qualidade desenvolvido pelas escolas no âmbito da Educação Ambiental e garantir a envolver as crianças e jovens na construção de uma comunidade mais sustentável.

Paralelamente ao hastear da bandeira, na Escola Profissional da Horta foi descerrada a placa ‘Escola Embaixadora do Parlamento’ como resultado da participação exemplar nas atividades propostas no âmbito do projeto durante o ano 2017/2018.

“Seremos a única escola dos Açores com esta distinção, o que me deixa deveras agradado”, concluiu José Leonardo Silva.

 

Assembleia Municipal de Velas aprova alterações do regulamento das Bolsas de Estudo

Na última Assembleia Municipal de Velas foram aprovadas por unanimidade alterações do regulamento das bolsas de estudo e a criação de bolsas de mérito.

As mudanças, na ótica de Ana Soares, deputada do Grupo Municipal do PS Velas, são fundamentais para a “melhoria das condições de estudo dos jovens velenses”.

A deputada salientou que a maioria das propostas de alteração foram apresentadas pelo PS Velas, inicialmente em comissão de análise das bolsas, de seguida em forma de contributo e, finalmente, em reunião de câmara.

“Foi graças às propostas apresentadas pelo PS Velas que um aluno que estava inserido no último escalão e que recebia uma quantia de 180 euros, hoje passará a receber o valor de 643 euros. Um amento de 350% no apoio dado”, adiantou Ana Soares.

A deputada condenou, ainda, a postura do CDS-PP que, em janeiro, apresentou uma proposta, onde os escalões e valores de bolsas se mantinham inalterados, apesar de ter prometido aumentar os apoios aos jovens no que respeita à atribuição de bolsas de estudo.

Construção da nova EBI nos Arrifes é uma necessidade “evidente”

Avelino Meneses, secretário regional da Educação e Cultura, defendeu que a construção da nova Escola Básica e Integrada (EBI) nos Arrifes, em São Miguel, assume-se como uma necessidade “evidente”.

O secretário regional falava na apresentação do projeto base das novas instalações da EBI dos Arrifes, onde frisou que uma escola com a tipologia da atual apresenta “um determinado período de vida” e está a “atingir o seu limite”.

A nova escola dos Arrifes implicará a demolição total dos atuais edifícios, bem como, a construção de um novo, processo que decorrerá ao longo de dois anos, num investimento de cerca de 12 milhões de euros.

As novas instalações irão integrar 37 salas de aula, salas multifuncionais de educação visual e tecnológica e as respetivas oficinas, salas de música e de informática, a par de laboratórios de ciências da natureza e de físico-química.

Considerada a escola de referência no ensino de surdos, a EBI dos Arrifes irá também englobar gabinetes de apoio educativo e ensino especial, para além de uma biblioteca, refeitório e auditório com capacidade para 100 pessoas.

 

Avelino Meneses reafirma compromisso com a classe docente

Avelino Meneses, secretário regional da Educação e Cultura, reafirmou compromisso de aplicação nos Açores da solução “que viesse a ser encontrada” a nível nacional acerca da recuperação do tempo de serviço dos docentes.

“Em novembro passado, eu próprio, o Vice-Presidente e o Presidente do Governo Regional, assumimos o compromisso perante os dois sindicatos representativos dos professores que faríamos aplicar nos Açores a solução que viesse a ser encontrada a nível nacional. Obviamente, na sequência das negociações entre o Governo da República e as forças sindicais”, salientou.

O secretário regional revelou estar “convictamente convencido” de que esta é “uma das melhores garantias” de que os professores açorianos ficarão numa posição de “privilégio” face aos docentes do resto do país.

Avelino Meneses relembrou que os professores dos Açores já viram recuperados mais de dois anos de tempo de serviço, correspondentes ao período de 2005 a 2007, frisando que o Estatuto da Carreira Docente na Região “é o mais favorável do país”.

Rui Luís destaca contributo dos nutricionistas para o decréscimo da obesidade infantil

Rui Luís, secretário regional da Saúde, garantiu que a melhoria dos indicadores da obesidade infantil resulta, em grande parte, do contributo de nutricionistas em todos os centros de saúde da Região.

Após uma reunião com a Bastonária da Ordem dos Nutricionistas, o secretário regional afirmou que “a dotação de nutricionistas, em 2009, nos Cuidados de Saúde Primários foi uma aposta do Governo Regional no contexto nacional, com resultados em termos de saúde pública”.

Atualmente, o Serviço Regional de Saúde integra 30 nutricionistas, 18 dos quais se encontram nos cuidados de saúde primários e 12 nos hospitais, sendo a única região do país com cobertura total destes profissionais nos centros de saúde.

Entre 2008 e 2016, de acordo com dados do sistema de vigilância que analisa o estado nutricional infantil, as prevalências de excesso de peso e obesidade infantil diminuíram nos Açores.

A obesidade infantil, segundo estudo realizado a nível nacional, foi mais prevalecente nas crianças com oito anos, sendo que nos Açores rondou os 31%.

Na ótica de Rui Luís, os nutricionistas têm desempenhado um papel fulcral na abordagem à problemática da obesidade, frisando que há outras medidas a implementar com o contributo destes profissionais.

“Não são ainda estes os indicadores que gostaríamos de ter na Região, daí a implementação do Programa Regional para a Promoção da Alimentação Saudável, um programa para ter resultados a médio e longo prazo”, salientou o secretário regional.

O programa mencionado prevê ações que serão implementadas ao longo dos próximos anos ao nível da informação e da promoção de hábitos de vida saudáveis.

“Juventude não é um problema, mas sim uma oportunidade”

No âmbito do primeiro Congresso Diocesano de Juventude, José Manuel Bolieiro, presidente da Câmara Municipal de Ponta Delgada, destacou os jovens como uma oportunidade.

Confiante nos jovens açorianos que integram o congresso, o autarca frisou que o evento ficará para a história por ser pioneiro, salientando que marcará a vida pessoal e coletiva dos participantes.

“Este evento tem uma outra força porque à sua causa acresce a fé e à sua consequência a formação de um ser individual, do caráter e personalidade e, por sua vez, de uma sociedade melhor”, adiantou.

Na ótica do presidente, é um orgulho pessoal e institucional fornecer apoio e participar na iniciativa que irá permitir a reflexão, participação, educação e, sobretudo, diálogo.

‘Por uma Igreja +’ assim se intitula o primeiro Congresso Diocesano de Juventude que integra jovens dos 16 aos 30 anos de todas as ilhas açorianas e que se iniciou ontem no Auditório Camões, em Ponta Delgada.

×