All posts in Noticias Cultura

Biblioteca Pública Luís da Silva Ribeiro acolhe oficina para os mais novos

‘Um camaleão na gaveta’ assim se intitula a oficina de criação artística que decorrerá a 10 de abril na Biblioteca Pública e Arquivo Regional Luís da Silva Ribeiro, em Angra do Heroísmo.

A iniciativa destina-se a crianças a partir dos cinco anos e irá realizar-se das 10h00 às 11h00. Os participantes, tendo por base uma história de Maria Alberta Menéres, serão convidados a criar um original ‘camaleão’.

A inscrição deve ser efetuada previamente até ao próximo dia 8 de abril nas instalações da biblioteca mencionada ou através do telefone 295 401 000.

Concerto de David Carreira cancelado por motivos técnicos

Créditos de imagem: Google Imagens.

Até ao dia 14 de maio poderá solicitar no respetivo local de compra o reembolso do valor dos bilhetes do concerto de David Carreira que foi cancelado por motivos de ordem técnica e alheios à banda e ao próprio Coliseu Micaelense.

O reembolso dos bilhetes que foram adquiridos online deverá ser efetuado mediante envio de e-mail para ajuda@bol.pt. O Coliseu Micaelense lamenta o transtorno causado e apela à compreensão dos clientes.

O concerto de David Carreira estava agendado para o dia 14 de abril, pelas 21h:30 no Coliseu Micaelense.

Sessão para bebés decorrerá no próximo sábado na Biblioteca Pública e Arquivo Regional Luís da Silva Ribeiro

É já no próximo sábado, dia 7 de abril, pelas 15h:00, que a Biblioteca Pública e Arquivo Regional Luís da Silva Ribeiro, em Angra do Heroísmo, irá acolher mais uma sessão para bebés.

A iniciativa destina-se a crianças dos 6 aos 24 meses, acompanhadas por um adulto, e visa fomentar o desenvolvimento da linguagem, da criatividade e da imaginação através de momentos de fantasia e interação.

A participação é gratuita, devendo a inscrição ser realizada previamente até ao dia 5 de abril nas instalações da biblioteca ou no endereço  www.bparah.azores.gov.pt. A sessão para bebés assume-se como uma iniciativa da direção regional da Cultura através da Biblioteca Pública e Arquivo Regional Luís da Silva Ribeiro.

‘9 Ilhas, 2 Corações’, o novo CD de Rafael Carvalho com temas de todas as ilhas açorianas

‘9 Ilhas, 2 Corações’ assim se intitula o quarto CD de Rafael Carvalho com temas tradicionais dedicados a todas as ilhas dos Açores.

São dezenas os temas elaborados com recurso à viola da terra, a solo, com o objetivo de compilar temas de todas as ilhas, deixando um registo da história cultural aliada à música tradicional dos Açores.

Rafael Carvalho explica que o CD surge como uma necessidade, visto que tem sido desenvolvido um grande trabalho de valorização e divulgação da viola da terra e que os seus três álbuns anteriores têm “servido como um cartão de visita às pessoas que querem conhecer” a viola da terra.

“Neste momento, em que já se conseguiu esta atenção e entusiasmo para a viola, é necessário dar a conhecer o nosso repertório” – salientou o músico.

As gravações do CD terminam nas próximas semanas, sendo que a edição está prevista para o início do verão. Rafael Carvalho pretende apresentar o CD, ainda este ano, em algumas ilhas dos Açores. Em 2019, o músico espera organizar diversos concertos para divulgar o seu novo CD.

Tema ‘O Circo Chegou à Cidade’ já disponível em formato digital

Músico, Educador e autor, o novo tema de Jorge Courela ‘O Circo Chegou à Cidade’ é dedicado aos mais pequenos.

‘As Canções do Professor Jorge’, ‘Zé Maria Catatua’ e ‘Capitão Miau Miau’ são as obras da autoria de Jorge Courela que têm encantado as crianças. ‘As Canções do Professor Jorge’ consiste num trabalho temático em que as canções acompanham as principais datas festivas e que são comemoradas pelas escolas.

 

‘Kuwelela’ é o novo tema da parceria de João Luzio & Yami Aloelela com Vicky Marques

‘Kuwelela’ é o novo tema da parceria entre o guitarrista João Luzio, Yami Aloelela e o percussionista Vicky Marques.

No novo tema a Darbuka funde-se com a guitarra Portuguesa e o Kimbundu (dialeto Angolano), surgindo, assim, uma canção repleta de exotismo.

São vários os álbuns que João Luzio editou a solo, designadamente ‘Moods & Colors’, ‘Genuine & Odd Distractions’, ‘Raízes & Introspeção’, entre outros. O artista está focado no desenvolvimento da sua linguagem da guitarra elétrica e da guitarra portuguesa, num uso menos tradicional.

 

‘Férias da Páscoa no Museu’: uma iniciativa com diversas atividades

De 27 a 28 de março o Museu Carlos Machado promove diversas atividades no âmbito da iniciativa ‘Férias da Páscoa no Museu’.

Cada um dos dias engloba a realização de duas oficias, cujo ponto de partida assenta em exposições ou peças da coleção do Museu. Assim, na oficina ‘A Magia através das suas histórias e lendas’ pretende-se fomentar a criatividade dos mais novos a partir do significado da palavra ‘páscoa’. Serão, também, criados cenários que caracterizam aquela época festiva.

Por seu turno, a oficina ‘Dentro e fora do coração’, por via da exposição ‘Interior/Exterior’, visa a exploração do conceito de corpo e de indivíduo.

As oficinas destinam-se a crianças entre os 6 e os 12 anos e terão lugar no Núcleo de Santa Bárbara, em Ponta Delgada, das 9h30 às 12h e das 14h às 17h. Os interessados deverão fazer marcação prévia através do seguinte contacto: 296 202 930.

 

Pedro Teixeira Silva aposta em novo single e vídeo ‘Três Cores feat. Poeta de Rua”

‘Primeiro Ato’ assim se intitula o EP de Pedro Teixeira Silva que integra o vídeo ‘Três Cores feat. Poeta de Rua’.

Numa conjugação entre a música clássica e o ‘Pop Rock’, Pedro reúne no projeto amigos músicos, cantores e letristas nacionais, adaptando o seu estilo musical aos diversos intérpretes.

Na qualidade de convidados surgem Sara Madeira, Mariangela Demurtas, Jorge Palma, José Cid, Pedro Chagas Freitas, Mundo Segundo, elementos da orquestra sinfónica portuguesa, entre outros.

Hotel Monte Palace como cenário do filme musical de Daniel Blaufuks

Edifício abandonado, paredes degradas e muita música. Este foi o cenário do filme musical Levantados do Chão, cuja apresentação marcou o início da sessão de abertura do festival Tremor.

Da autoria do fotógrafo Daniel Blaufuks, o filme musical teve como cenário o hotel Monte Palace que serviu de ‘palco’ à Banda Lira das Sete Cidades. No filme constaram cerca de 40 músicos da banda que atuaram no hotel enquanto percorriam os diversos compartimentos do mesmo. Numa comparação dispare, foram apresentadas fotografias do hotel antes e após o seu abandono.

“É um cenário incrível, muito fotogénico. O filme acaba por ter uma força política. A ideia da banda funciona como uma despedida e depois comecei a pensar o que é que seria esse encontro entre uma banda, que é uma fábrica de sons, e aquele espaço vazio, super silencioso” – garantiu Daniel Blaufuks à MegaJovem.

André Sousa, membro da produção artística do Tremor, adiantou que esta edição conta com “locais novos, artistas novos e muitas surpresas que ninguém está à espera”. No que respeita às últimas edições André Sousa salientou que o balanço tem sido muito positivo não só ao nível de parcerias, como também da aceitação. “As pessoas têm uma ideia mais aberta em relação ao festival. Há um reconhecimento da existência de artistas cá, em São Miguel e nos Açores” – frisou André Sousa.

Na sessão de abertura também esteve presente o autarca José Manuel Bolieiro O presidente da Câmara Municipal de Ponta Delgada elogiou o festival, visto o mesmo contribuir para a promoção dos Açores ao reunir talentos.

“É de interesse para Ponta Delgada, para São Miguel e para os Açores criar eventos âncora que deem uma imagem da capacidade de organizar e reunir talentos. O Tremor cumpre este objetivo” – afirmou José Manuel Bolieiro.

Este foi o primeiro dia da quinta edição do festival Tremor para o qual os membros da organização mantêm expectativas elevadas.

Tremor 2018 arranca hoje no Teatro Micaelense

Hoje, pelas 19h30, decorrerá o início da quinta edição do Tremor com Daniel Blaufuks e a Banda Lira das Sete Cidades.

A sessão de abertura tem acesso livre e integra a estreia do filme musical realizado pelo fotógrafo Daniel Blaufuks que teve como espaço o Hotel Monte Palace. Em conjunto com o fotógrafo, a Banda Lira das Sete Cidades contribuiu para a criação do vídeo musicado que revisita o espaço.

À estreia do filme sucede-se a atuação da banda filarmónica, sob direção do presidente José Manuel Avelar e do maestro César Melo. A banda engloba cerca de 40 músicos de diversas idades e géneros. Segue-se, ainda, um concerto de Rafael Carvalho com a viola da terra e FLIP, músico aliado aos espectros da eletrónica.

A abertura do festival encerra-se no Auditório Luís de Camões, com a atuação de Três Tristes Tigres e do DJ Milhafre no Arco 8, cuja entrada exige apresentação de bilhete. Este último tem um custo de 35 euros, podendo ser adquirido na bilheteira online, FNAC, Worten e nos locais habituais. Nos Açores é possível adquirir ingressos na La Bamba Bazar Store.

 

×