All posts in Noticias Cultura

Grupo Anjos promove debate ‘A Música nos Açores’

A 29 de maio terá lugar, no Cais da Sardinha, o debate ‘A Música nos Açores’, iniciativa que se insere no âmbito das comemorações dos 10 anos do Grupo Anjos.

O debate integra três painéis, sendo a primeira parte dedicada à temática ‘Músicas da nossa Terra’, onde se irá abordar o património musical açoriano, o papel do folclore e das filarmónicas na dinamização da cultura açoriana e, ainda, dos artistas de música original. Na qualidade de oradores do primeiro painel surge o músico Ricardo Santos, Luísa Bairos, da Associação Cultural Rancho Folclórico de Santa Cecília da Fajã de Cima, o artista Luís Bettencourt, o maestro Antero Ávila e o músico Ricardo melo.

O ‘Marketing da Música nos Açores’ assume-se como outro dos assuntos a abordar, nomeadamente, na definição do músico dos Açores e da forma de promoção da sua presença em Portugal Continental e no mundo. Serão, ainda, debatidos assuntos como o papel das rádios e da televisão na divulgação do trabalho dos músicos dos Açores e a importância dos Festivais de verão e dos bares. Os promotores Rui Anjos e Francisco Lopes, as artistas Maria Bettencourt e Marisa Oliveira e o locutor de rádio Herberto Quaresma serão os oradores.

As dificuldades e possibilidades do músico açoriano na Região, em Portugal Continental e no mundo afirmam-se como outra das temáticas do debate. Com o contributo de todos os presentes, será efetuada uma Cartilha de Compromisso que irá revelar a importância do envolvimento de todos para o crescimento dos artistas regionais. A cartilha irá incidir em 10 pontos fundamentais e ser enviada às diferentes entidades com responsabilidade direta nesta área.

Inês Ferreira em destaque no Concurso Nacional de Piano

O Concurso Nacional de Piano realizou-se em Coimbra, de 19 a 20 de maio, onde a jovem açoriana Inês Borges Ferreira atingiu o segundo lugar.

A jovem é aluna do quarto ano do curso de Iniciação de Piano do Conservatório Regional de Ponta Delgada. No evento, Inês Ferreira apresentou um programa composto por F. Lopes Graça, ‘Jogo das Terceiras’, por João Godinho, ‘Canção de Embalar’ e ‘Félix Mendelssohn Bartholdy, ‘Canção Sem Palavras’.

“Estou muito contente com o segundo lugar. Agradeço aos meus pais por me apoiarem sempre e à minha professora Graça Paiva pela preparação…fico sempre muito nervosa porque são muitos e não pode falhar nada” – salientou Inês Ferreira.

Esta é a segunda vez que a jovem de nove anos participa no concurso nacional, organizado pelo Conservatório de Coimbra, sendo que na edição anterior mereceu uma menção honrosa devido ao seu mérito e qualidade.

Azores Fringe acolhe 58 filmes

São 58 o número de filmes a integrar a sexta edição do Azores Fringe, com sessões que serão apresentadas por todas as ilhas açorianas de 25 de maio a um de junho.

Cinco sessões de filmes curtas serão apresentadas no Espaço em Cena, em Santa Maria, na La Bamba, em São Miguel, no Museu das Lajes das Flores, nas Flores, na Biblioteca Municipal, no Corvo, nas Manadas, em São Jorge, na Biblioteca Pública e Arquivo Regional, no Faial e no Auditório do Museu dos Baleeiros, no Pico. Ainda se encontram por anunciar os locais relativos às ilhas Terceira e Graciosa.

O evento contará, ainda, com a apresentação especial de ‘Paraíso Perdido’, uma longa metragem de Oliver Victoria, com filmagens nas ilhas Flores, São Miguel e Terceira. A metragem referida será estreada a 16 de junho, no Valzinho da Fazenda das Lajes das Flores.

O público poderá escolher os seus filmes favoritos, os quais irão receber da MiratecArts, entidade organizadora do evento, o prémio Audiência e a mascote do festival.

Sara Cruz, Luís Barbosa Band, Boost Reunion e Morhua no Festival Mais (+) Jazz

A 25 e 26 de maio decorrerá, no Museu de Angra do Heroísmo, a sétima edição do festival +Jazz, uma iniciativa do Mais Jazz Produções em parceria com instituições públicas e privadas.

Pelas 21h30, do dia 25, prevê-se a atuação de Sara Cruz, uma jovem cantora e compositora açoriana que, recentemente, esteve em Lisboa a gravar no Pimenta Preta Estúdio a gravar o seu segundo EP que integrará seis temas. A música de Sara Cruz caracteriza-se por uma mistura entre os estilos singer-songwritter, pop e indie-folk.

O concerto de Luís Barbosa Band irá realizar-se às 23h. Em 2010 Luís começou por explorar o Blues, o Rock e o Funk, sonoridades onde encontrou o seu registo. Mais tarde, convidou Dino Oliveira, Pedro Silva e Ben Oliveira, formando, assim, o Luís Barbosa Band.

O dia 26 de maio será reservado à atuação de Boots Reunion, formada por João ‘Triki’, Tiago Franco, António Alves e Clemente Almeida. No final de 2017 construíram o seu próprio estúdio e começaram a escrever músicas originais. ‘Sun Girl’ assim se intitula o primeiro single que a banda se prepara para lançar.

Pelas 23h terá lugar o concerto dos Morhua, numa aposta no Jazz, Blues e Gipsy. João Sousa, Cláudia Pascoal, Gabriel Gomes, André Soares e Rafael Santos são os membros da banda. ‘Darling Dear’ foi o primeiro single da banda.

Numa aposta no Blues, Folk e Jazz, a sétima edição incidirá num ecossistema cultural e criativo dos Açores e Porto, numa ligação entre as ilhas de São Miguel, Terceira e Pico ao Norte do país. O evento contará com três antes-estreias de álbuns originais e com a apresentação de um primeiro álbum.

 

Campanha ‘Açores Entre Mares 2018’ arranca amanhã

A nona edição da Campanha ‘Açores Entre Mares 2018’ inicia-se amanhã sob o tema ‘Lixo Zero no Mar dos Açores’.

Dinamizado pela direção regional dos Assuntos do Mar, em parceria com a direção Regional da Cultura e com o Observatório do Mar dos Açores, o evento visa desenvolver a criatividade e a originalidade dos concorrentes.

Filipe Porteiro, diretor regional dos Assuntos do Mar, salientou que o ‘Açores Entre Mares’ assume-se como “uma oportunidade de divulgar e sensibilizar a sociedade para a importância do conhecimento sobre os oceanos”.

O diretor regional aproveitou, ainda, para destacar duas iniciativas centrais na campanha deste ano, designadamente a segunda edição do Concurso Multi-Artes ‘Prémio Artes Entre Mares’, nas modalidades de pintura, fotografia, vídeo e banda desenhada.

Será atribuído um prémio no valor de 1200 euros ao primeiro lugar de cada uma das modalidades, sendo 500 euros o montante previsto para o segundo lugar.

Os interessados devem entrar em contacto com o seu Parque Natural de Ilha ou com a direção regional dos Assuntos do Mar através do email mares@azores.gov.pt

Primeiras confirmações para o Festival das Marés, nos Mosteiros

De 23 a 25 de agosto decorrerá o Festival das Marés, nos Mosteiros, que irá contar com a presença de João Pedro Pais, Anjos, Paulo Sousa, The Code, Deejay Telio, Play, entre muitos outros artistas.

Na qualidade de pontos altos do evento destaca-se o concerto da Banda Filarmónica Fundação Brasileira, uma das mais antigas dos Açores, com fadista Raquel Tavares. Outra das confirmações é João Pedro Pais que assinala 20 anos de carreira. Para a terceira edição do festival está, também, reservada a atuação dos irmãos Rosado, conhecidos como ‘Anjos’ desde 1999. Recentemente, o duo lançou um novo disco, onde se destaca o tema ‘Para Longe’.

O festival acolhe, ainda, Paulo Sousa, finalista da sexta edição dos ídolos da SIC, nomeado para os Kid’s Choice Awards’17 da Nickelodeon e Youtuber do Ano. O rapper Waze, jovem de 18 anos, é outro dos artistas confirmados. Waze adquiriu notoriedade com música ‘Cuida de mim’, sendo que diversos temas seus são transmitidos nas rádios e numa telenovela.

A banda açoriana ‘The Code’ estará, novamente, no Festival das Marés. O mês passado, os ‘The Code’ destacaram-se no International Portuguese Music Awards, onde venceram nas categorias de ‘Melhor Tema Rock’ e ‘Melhor Tema do Ano’ com ‘Fly Higher’.

O bilhete diário terá um custo de 10 euros e o geral de 15 euros. Este ano a organização irá apostar na venda online e disponibilizará o serviço multibanco no recinto.

 

Clube da Europa da EPROSEC promove sarau cultural

Amanhã, pelas 16h, irá realizar-se um sarau cultural no Centro de Estudos Natália Correia, evento organizado pelo Clube da Europa da EPROSEC, Escola Profissional do Sindicato de Escritório e Comércio da Região Autónoma dos Açores.

Armando Moreira estará presente na iniciativa que tem por objetivo intensificar a força patrimonial e cultural da Região na palavra dos seus poetas.

Flávio Cristóvam no Teatro Angrense

A oito de junho decorrerá, no Teatro Angrense, o concerto de Flávio Cristóvam, o primeiro português a alcançar um lugar de destaque no Internacional Songwriting Competition com o single ‘Faith & Wine’.

No concerto, Flávio Cristóvam irá apresentar o seu primeiro álbum a solo intitulado ‘Hopes & Dreams’ que será lançado em Portugal a 28 de setembro.

Os interessados poderão adquirir bilhete em: https://ticketline.sapo.pt/evento/cristovam-apresenta-hopes-and-dreams-35256

“Noite da Juventude” em Vila Franca do Campo contou com a atuação de António José Santos

António José Santos, membro da banda Perf7ume, atuou ontem em Vila Franca do Campo, no âmbito das festas em honra de São Miguel Arcanjo.

O vocalista tocou pela primeira vez naquele concelho, apesar de visitar o arquipélago dos Açores com regularidade. “Tenho um carinho muito especial pelos Açores. Venho cá todos os anos, desde 2006, e gosto sempre de conhecer novas tradições”, frisou.

A atuação, de acordo com António José Santos, “correu bem e acabou em grande”. O vocalista adiantou, também, que apesar do público estar um pouco reticente no início, a atuação teve uma forte adesão na reta final. “O público daqui é muito observador e contido, é mesmo um traço de personalidade. Na reta final foi fantástico, estava lá o coração do público”, garantiu o artista à MegaJovem.

António José Santos aproveitou, ainda, para deixar uma mensagem aos artistas em geral: “Não podemos deixar morrer estas festas tradicionais e cabe-nos a nós ajudar ao crescimento das mesmas”.

As Festas dedicadas a São Miguel Arcanjo, em Vila Franca do Campo, iniciaram-se a oito de maio, com a romaria à Senhora da Paz, e terminam hoje.

Apresentação do livro ‘Juventude(s) Pensar e Agir’ decorreu hoje

Hoje, na livraria Leya na Solmar, realizou-se a apresentação do livro ‘Juventude(s) Pensar e Agir’ por parte de José Machado Pais, professor no Instituto Universitário de Lisboa.

Coordenado por Gilberta Rocha, Rolando Gonçalves e Pilar de Medeiros, o livro incide em dois grandes temas, designadamente os jovens como atores da mudança social e a ligação dos jovens com os meios de comunicação tradicionais e contemporâneos.

A obra integra “não só uma abordagem teórica da forma como os jovens têm uma ação cívica e de reflexão crítica, mas também abordagens sobre a sua intervenção no espaço público e de proposta de mudança”, explicou Pilar de Medeiros.

De acordo com a Pilar de Medeiros, o livro vem demonstrar, entre diversos aspetos, a existência de uma tentativa de mudança por parte dos jovens, enfraquecendo-se, assim, a ideia de uma apatia total ou desligamento juvenil face à esfera pública.

O livro mencionado, de acordo com o docente José Machado Pais, deixa transparecer a ideia de uma heterogeneidade juvenil. “Há uma tentativa de acentuar uma alienação consumista que existe no universo juvenil com uma decrescente propensão aos protestos públicos. Contudo, num capítulo do livro, defende-se uma ideia diferente. Eu diria que as duas realidades existem. O universo juvenil não é homogéneo”, frisou o docente.

Gilberta Rocha garantiu que o livro em questão se assume como uma síntese de dois colóquios anuais concretizados no âmbito do Observatório da Juventude dos Açores em 2015 e 2016. A produção da obra referida demorou cerca de um ano e integra contributos na área da juventude a nível regional, nacional e internacional