As Cadetes do Mar, os Cadetes de Defesa e os alunos do 9º ano do Colégio do Castanheiro entregaram duas propostas de distinção honorífica municipal a José Manuel Bolieiro, presidente da Câmara Municipal de Ponta Delgada.

O autarca recebeu o grupo de 16 jovens e o professor no Salão Nobre dos Paços do Conselho, numa opção simbólica e atendendo “à bondade dos fundamentos e ao sentido de oportunidade do reconhecimento proposto”.

As propostas incidem na atribuição da Medalha de Ouro do Município ao Farol da Ferraria, nos Ginetes, estabelecido em 1901 e ainda em atividade, e ao Centro de Coordenação de Busca e Salvamento Marítimo de Ponta Delgada (MRCC). Os proponentes deixaram em aberto a possibilidade de ser atribuída a Chave de Ouro.

O presidente recebeu a documentação por parte da Comandante dos Cadetes do Mar, Mariana Pavão, tendo encaminhado a mesma para a Comissão Municipal de Toponímia e Distinções Honoríficas para a devida instrução processual e posterior deliberação em reunião de câmara.

José Manuel Bolieiro apelou, caso as propostas sejam aprovadas, à participação dos jovens aquando da cerimónia de entrega das distinções, num exercício de participação cívica.

O Farol da Ferraria representa o espírito de missão das guarnições que por lá passaram e o trabalho realizado, ainda hoje, pelos faroleiros. Possui uma arquitetura que combina a arte Neoclássica e a Arte Nova, além de que promove o caráter pedagógico de diversas áreas da Ciência.

A execução da missão do MRCC Ponta Delgada, Maritime Rescue Coordination Center, faz com que Ponta Delgada seja conhecida por todos os homens do mar que demandam o Atlântico e por especialistas da área.

Ponta Delgada é também conhecida como base operacional de um serviço de socorro, cujas elevadas taxas de sucesso, enquadram-no num dos mais prestigiados do mundo.