Todos os posts de MegaJovem

Concerto dos Semicolcheias a oito de dezembro

No próximo sábado, dia oito de dezembro, pelas 20h30, o coro infanto-juvenil da Vox Cordis – Associação Musical, os Semicolcheias, realizam um concerto de Natal, junto à Igreja da Matriz de Ponta Delgada.

A direção musical estará a cargo da maestrina dos Semicolcheias, Paula Campos, contando com Svetlana Pascoal no teclado, num concerto cantado por crianças e jovens para todas as idades.

A iniciativa enquadra-se no âmbito do Programa Municipal de Animação Cultural de Natal do Município de Ponta Delgada.

‘Domingo em Família no Museu’

A nove de dezembro, das 15h00 às 17h00, decorrerá no Núcleo de Arte Sacra a ação ‘Domingo em Família no Museu: Reviver e reinventar o presépio’.

A ação tem por intuito reviver a construção do presépio, utilizando-se diversos materiais, sendo necessário inscrição prévia, a qual deverá ser efetuada através do número de telefone 296202930.

A atividade, orientada pelo Serviço Educativo e pela coordenadora da coleção de Etnografia Regional do Museu Carlos Machado, contará com a colaboração de Filomena Fragoso Rebelo.

Câmara de Ponta Delgada apoia alimentação saudável nas escolas

José Manuel Bolieiro, presidente da Câmara Municipal de Ponta Delgada, tomou o pequeno-almoço com um grupo de crianças do pré-escolar, na Escola Linhares Furtado, em Ponta Delgada.

A iniciativa marcou a abertura do Clube do Pequeno-almoço que visa alertar para a importância de tomar a primeira refeição do dia e transmitir dicas que assegurem um pequeno-almoço saudável.

O clube mencionado é organizado pela Equipa de Saúde Escolar, com o apoio da Câmara Municipal de Ponta Delgada, por via do PDL Saúde e da Unidade de Saúde da Ilha de São Miguel.

Na ocasião, o autarca reafirmou a aposta do município na saúde e na alimentação saudável.

De referir que, através do Grupo PDL Saúde, têm sido recorrentes os rastreios e as ações de sensibilização nas escolas do concelho em áreas como a alimentação saudável, a obesidade, a educação afetivo-sexual, a saúde oral, o alcoolismo, a higiene corporal, entre outras.

APAA em destaque na Taça APLeiria 2018

A Academia de Patinagem Artística dos Açores (APAA) integrou uma prova nacional, a Taça APLeireira 2018.

Ao todo foram 11 os patinadores da APAA que estiveram presentes na prova nacional, divididos por duas equipas.

“Após um mês de novembro intenso a nível competitivo, onde vencemos a Taça de São Miguel, os vários atletas do clube conseguiram, mais uma vez, atingir a superação, realizando performances das quais muito nos orgulhamos”, frisou o técnico Telmo Ferreira.

Simone Serpa ficou em primeiro lugar no escalão Benjamim, Sofia Canteiro também alcançou o primeiro lugar em iniciados, tendo Ana Beatriz Martins atingido o terceiro lugar em Benjamins.

A par disso, outros quatro patinadores açorianos do escalão iniciados completaram o top dez, sendo do sexto ao nono lugar preenchidos por Miguel Rebelo, Magda Fontes, Leonor Amaro e Bianca Melo.

Como resultado, a equipa A do clube açoriano recebeu a medalha de prata, tendo a equipa B ficado em oitavo lugar.

 

 

“Propomos servir melhor os alunos do vosso concelho e trocar experiências”

A Câmara Municipal de Ponta Delgada e a Rede Regional de Bibliotecas Escolares celebraram hoje, nos Paços do Concelho, um protocolo de colaboração.

O referido protocolo estabelece, genericamente, as formas de cooperação entre a rede e o município, com vista ao desenvolvimento de atividades no domínio da promoção de várias literacias.

As outorgantes comprometem-se a mobilizar recursos e partilhar informação considerada relevante para as atividades desenvolvidas, bem como, a cooperar no empréstimo de livros entre a Biblioteca Municipal Ernesto do Canto e as Bibliotecas Escolares do concelho.

O documento também integra a atribuição de apoio financeiro por parte do município, dentro das suas possibilidades, para digressões de escritores, contadores de histórias, editores, livreiros e outros artistas que, através de diversas áreas, promovam a leitura, o livro e a educação pela parte.

Assim, no âmbito das digressões mencionadas, prevê-se a comparticipação do alojamento, das passagens áreas, deslocação ou estadia. A este propósito, José Manel Bolieiro, presidente da Câmara Municipal de Ponta Delgada, adiantou que se pretende agendar um encontro de dois escritores com a comunidade escolar, designadamente Joaquim Machado, que editou um livro sobre a História de Ponta Delgada, e Carlos Tomé, que lançou o ‘Perigoso Leitor de Jornais’.

De igual modo Luzia Borges, coordenadora da Rede Regional das Bibliotecas Escolares, revelou que já existem algumas propostas para digressões, de que Sónia Sousa, escritora que se enquadra no Plano Regional de Leitura, é exemplo.

O protocolo engloba, ainda, a cooperação em formações em diversas áreas, na cedência de espaços e materiais, na partilha de experiências, em reuniões e planificações em conjunto e na cedência de apoio técnico de parte a parte.

“Aquilo que propomos é servir melhor os alunos do vosso concelho e trocar experiências. Gostaria que também ficasse a ideia de que nós não gostamos só de pedir, gostamos de retribuir, por isso, estamos abertos a qualquer sugestão da vossa parte”, frisou a coordenadora.

Por seu turno, José Manuel Bolieiro destacou a importância do protocolo, dado o mesmo se constituir como uma boa oportunidade de sinergia para com a Rede Regional de Bibliotecas Escolares.

O autarca aproveitou, também, para fazer referência às boas práticas efetuadas, nos últimos anos, pelo município em relação à Rede Regional de Bibliotecas Escolares.

“Na verdade, nós temos uma práxis no funcionamento da Rede Municipal de Bibliotecas Escolares que muito nos apraz. Nós fazemos aquisição anual no âmbito do plano nacional de leitura de diversos livros para colaborar com essas bibliotecas. Introduzimos o programa de ‘Ler no Dia’ que assegura nas escolas, e também para a biblioteca escolar, a edição dos dois jornais diários, do Açoriano Oriental e Correio dos Açores”, explicitou.

De referir que presente acordo entra em vigor hoje, na data da sua assinatura, mantendo-se válido até que qualquer dos outorgantes entenda livremente manifestar, por escrito, a sua intenção de denúncia.

 

 

 

 

Jovens assistem a peça de teatro no auditório da Povoação

O auditório municipal da Povoação acolheu alunos do ensino secundário e profissional que assistiram à peça de teatro ‘ID – A tua marca na Net’, iniciativa que se enquadra no programa ‘Comunicar em Segurança’ da Fundação Portugal Telecom.

A iniciativa mencionada visa contribuir para uma cidadania digital consciente, segura e responsável, junto dos mais jovens, pais, encarregados de educação e população sénior, por via de sessões de sensibilização, de uma peça de teatro e de um passatempo dirigido aos alunos.

A equipa de saúde escolar e a Câmara Municipal da Povoação foram as entidades responsáveis pela promoção da peça de teatro realizada pelos atores Pedro Górgia, Alexandre Silva e Tiago Aldeia.

Na peça em questão foram abordados temas aliados à privacidade de dados, cyberfraude, phishing e cyberbullying, sob intuito de se apelar a uma utilização adequada da internet, telemóveis e redes sociais.

Em 2012, o programa ‘Comunicar em Segurança’ da Fundação Portugal Telecom foi distinguido com o Troféu Português do Voluntariado, atribuído pela Confederação Portuguesa do Voluntariado.

 

ANJAP promove iniciativa em prol dos jovens

A Associação Nacional de Jovens Advogados Portugueses (ANJAP) promove hoje, pelas 17h, o evento intitulado ‘Sou Advogado e agora?’, na sede do Conselho Regional dos Açores que se localiza na Avenida Infante D. Henrique, n.33, 2.º D.

Em declarações à MegaJovem, João Reis, membro da ANJAP, explicou que a iniciativa tem por intuito “ajudar os estudantes, licenciados, estagiários e recém agregados a perceber os caminhos que podem seguir na advocacia, com a oportunidade de ouvir a partilha de vários advogados da nossa comarca”.

O evento, de entrada livre, contará com a presença de José Costa Pinto, presidente da ANJAP, bem como de Ricardo Nascimento Cabral, advogado em prática de sociedade.

Teresa Cabral, advogada em prática individual, Alexandra Bragança, advogada de empresa privada, Rute Rita Machado, advogada de empresa do setor público também estarão presentes.

 

 

Associação de Jovens JAUPA envia moção aos órgãos governativos

A JAUPA, Associação de Jovens Açorianos Unidos pelos Açores, enviou uma moção aos órgãos governativos, aos partidos com assento na Assembleia Legislativa Regional, juventudes partidárias e órgãos de comunicação social.

A moção referida integra não só um conjunto de medidas da JAUPA, como também propostas das juventudes partidárias sobre o futuro da juventude açoriana, na sequência de ciclo de debates que visou refletir sobre as medidas e programas em vigor

Áreas como o emprego, educação, socioeconómica, habitação e cultura constam na moção.

Assim, no âmbito do emprego, a Juventude Socialista sugere o fim da possibilidade de ser celebrado um contrato de trabalho a termo certo com a justificação que se trata da contratação de trabalhador à procura de primeiro emprego.

Por seu turno, a Juventude Social Democrata (JSD) defende alterações ao regulamento dos programas Estagiar L, T e U, a fim de que o mesmo inclua o pagamento das retribuições aos estagiários em cinco dias úteis, após o envio dos mapas de assiduidade ao Fundo Regional do Emprego, os quais deverão ser remetidos no primeiro dia útil de cada mês.

Entre as diversas propostas da JSD consta a mudança nos objetivos da aplicação dos fundos comunitários na promoção do emprego jovem. “Os programas devem estar centrados nas necessidades dos seus beneficiários, jovem e ou empresas, e não nas necessidades governamentais de controlar as taxas de desemprego num curto prazo”, defendem.

A Juventude Popular (JP) enfatiza a necessidade de combater o trabalho precário, não declarado ou irregular, apostando no reforço da fiscalização, a par da conversão de contratos com termo em contratos sem termo.

As propostas da JAUPA incidem, entre diversos aspetos, na criação de mecanismos de conversão dos falsos contratos a termo, falsas prestações de serviços e contratos precários em contratos sem termo.

Restringir os vínculos temporários, criando um regime fiscal mais penalizador para empresas que promovam relações de trabalho precárias assume-se como outra das propostas da JAUPA.

Outra das iniciativas da JAUPA assenta no reforço da penalização para as empresas que substituam postos de trabalho permanentes por contratos de estágio.

No que respeita à educação são apresentadas propostas como o financiamento de iniciativas no ensino universitário E-learning e a melhoria do ensino de formação, aumentando os cursos de especialização tecnológica de nível V em áreas, como a agricultura, pesca e turismo.

O financiamento de alunos que tenham de realizar o estágio curricular fora do seu concelho de origem e o ajustamento da oferta de cursos profissionais à necessidade do mercado de trabalho local assumem-se como outra das sugestões.

No âmbito socioeconómico destacam-se propostas como a reformulação das condições de utilização do cartão Interjovem, no que respeita à utilidade para efeitos de viagens aéreas e marítimas e a aplicação de legislação para que os jovens que decidam permanecer na Região possam ter uma redução na taxa de IRS, nomeadamente o pagamento de metade da referida taxa nos primeiros três anos de descontos.

Consagrar a atribuição de benefícios fiscais aos proprietários que arrendam imóveis a médio ou longo prazo a jovens e reforço dos incentivos relativos a programas de arrendamento jovem apresentam-se como sugestões na área da habitação.

São diversas as propostas no setor cultural, como é o caso da aposta em formação em artes, cultura, política, teatro, expressão artística nas escolas e em regime workshop para a população em geral e da criação de um gabinete de divulgação da cultura açoriana com verbas disponíveis atempadamente para situações de apoio a deslocações, tours, etc.

“Com a presenta moção trazemos ideias novas para incentivar o regresso e a fixação dos jovens açorianos. Construímos este documento para que o mesmo possa servir de ponto de partida ou base nas políticas de juventude que consideramos essenciais virem a ser implementadas através do Plano Geral de Juventude dos Açores”, adianta a JAUPA.

 

Escolas assistem a peça de teatro ‘ID, a tua marca na Net’

Em parceria com a Câmara Municipal de Ponta Delgada, a Fundação PT levou ao palco do Coliseu Micaelense a peça de teatro ‘ID, a tua marca na Net’.

A peça dirigiu-se a alunos do 3.º ciclo e do ensino profissional das escolas do concelho, designadamente EBI Arrifes, Escola Secundária Antero de Quental, Escola Secundária das Laranjeiras, Escola Secundária Domingos Rebelo, EBI Ginetes, MEP, EPROSEC, Escola Hoteleira, ENTA, INETESE e APRODAZ.

No total participaram 563 alunos. A peça de teatro em questão é protagonizada pelos atores Pedro Górgia, Tiago Aldeia e Alexandre Silva, dirigida à comunidade educativa, incidindo em assuntos relacionados com a segurança na internet.

A peça, com duração de uma hora, enquadra-se na campanha solidária, através da qual cada aluno contribui com o valor de um euro que, este ano, irá reverter para a Academia Johnson.

 

‘FAT of the LAND’ preparam-se para lançar novo tema

O novo tema da banda ‘FAT of the ‘LAND’ intitula-se ‘Bruma’ e será lançado amanhã no canal do Youtube https://www.youtube.com/channel/UCZd46cX59is1ww9QF6vaoGw.

Acompanhado de um vídeo produzido pela banda, o novo trabalho retrata alguém que vai contemplando as paisagens micaelenses. “Gira à volta do que se pode usufruir na ilha. Acaba por ser qualquer pessoa, até mesmo um micaelense. O vídeo pode ter várias interpretações”, assegurou Luís Xavier, vocalista e guitarrista da banda, à MegaJovem.

A letra do tema é da autoria de Luís Xavier, que garantiu que o processo de criação levou cerca de três meses “desde gravação, edição e filmagem”, com recurso a telemóveis, câmeras profissionais e drones “para criar ambientes e texturas diferentes no vídeo”.

A banda surgiu em 2012 por iniciativa de Luís Xavier. “Em 2011 preparei pouco mais de meia dúzia de temas, mostrei-os a uns amigos e desafiei o pessoal a criar uma banda só de originais”, frisou em declarações à MegaJovem.

Atuaram, pela primeira vez, nas Noites de Verão, no Campo de São Francisco, sendo que, até ao momento, já apresentaram cerca de 20 originais.

“No futuro continuaremos apenas a tentar melhorar as gravações, criar novos temas e esperar que surjam novas oportunidades de poder mostrar isso ao vivo”, concluiu Luís Xavier.

 

×
Mega Jovem