Lúcio Rodrigues, diretor regional da Juventude, anunciou que o plano formativo ‘Academia J’ será alargado às ilhas das Flores e Corvo no próximo ano.

“Depois do êxito que o primeiro ciclo formativo alcançou nas ilhas Terceira e São Miguel, concretizaremos agora aquela que era uma das nossas aspirações que era alargar este projeto a mais ilhas do arquipélago”, destacou o diretor regional.

Lúcio Rodrigues falava no final de um ciclo de reuniões com associações juvenis e outros agentes do setor que decorreu ao longo de dois dias nas ilhas do Corvo e das Flores.

“Sendo a Região composta por nove ilhas, é nossa missão proporcionar oportunidades para os jovens de todas as ilhas naquele que é mais um contributo para o reforço da coesão territorial dos Açores, desta feita na área da juventude”, frisou.

O caminho que a Região tem traçado na área da juventude, segundo Lúcio Rodrigues, assenta nos pilares estratégicos definidos no início da legislatura para este setor, nomeadamente a criação de condições para uma maior empregabilidade, o fomento da qualificação profissional dos jovens e o reforço da participação da juventude.

A ‘Academia J’ é um plano de formação criado pela direção regional da Juventude, sob intuito de complementar a formação académica e profissional dos jovens açorianos, contribuindo para o aumento da sua empregabilidade.