Archive for Maio, 2018

‘Viajário ilustrado’ entre os 10 melhores blogues de fotografia

‘Viajário ilustrado’ assim se intitula o blogue de viagens de Carlos Brum Melo e Ana Catarina Silva que foi destacado como um dos melhores blogues de fotografia de viagem nos prémios Open Blog Awards da momondo.

Com cerca de mais de dois anos, o projeto assenta em crónicas de viagem e divulga conteúdos sobre 10 países de quatro continentes. O ‘Viajário ilustrado’ foi, ainda, destacado nos Blogger Travel Awards da Bolsa de Turismo de Lisboa como um dos cinco melhores blogues nacionais de fotografia de viagem.

Pode consultar o blog em: http://viajarioilustrado.pt/

Sessão ‘Conversa com…’ em Angra do Heroísmo

A um de junho, pelas 18h, terá lugar a sessão ‘Conversa com…’, evento que contará com a presença de Peter Cann e de Ana Brum.

A iniciativa decorrerá na Biblioteca Pública e Arquivo Regional Luís da Silva Ribeiro, em Angra do Heroísmo, com o intuito de fomentar a reflexão sobre o estatuto do texto na criação teatral.

A intervenção do dramaturgo e encenador inglês Peter Cann terá como foco a sua experiência teatral em diversas companhias britânicas, bem como, o trabalho desenvolvido com o Teatro do Montemuro e a recente companhia açoriana ‘Cães do Mar’.

Por seu turno, o discurso de Ana Brum irá incidir no seu percurso enquanto cenógrafa, figurinista, assistente de dramaturgia e encenação em diversos espetáculos.

No final, o grupo de formandos da Oficina de Escrita para Teatro irá apresentar um apontamento teatral.

‘9 ilhas, 2 Corações’, o quarto CD de Rafael Carvalho

Rafael Carvalho, músico açoriano, irá lançar o seu quarto CD a solo em Viola da Terra intitulado ‘9 ilhas, 2 Corações’.

O lançamento do novo trabalho do músico está previsto para o mês de julho, sendo que o CD, em formato duplo, irá englobar cerca de 80 temas de todas as ilhas dos Açores.

O novo CD de Rafael Carvalho inclui um trabalho de pesquisa e recolha de cerca de duas décadas.

O artista garantiu que um CD com esta dimensão e um trabalho sem arranjos musicais é algo inédito nos Açores. ‘Origens’, ‘Paralelo 38’ e ‘Relheiras’ são os três cds já editados por Rafael Carvalho, o qual confessa que o seu novo trabalho é fundamental para registar e resgatar a “nossa verdadeira cultura musical”.

Debate ‘Refletindo sobre a Viabilidade da Aquacultura nos Açores’ arrancou hoje

Hoje, na Universidade dos Açores (UAÇ), decorreu o debate ‘Refletindo sobre a Viabilidade da Aquacultura nos Açores’, uma iniciativa do Núcleo de Estudantes de Biologia.

A iniciativa teve como objetivo compreender a viabilidade da Aquacultura para os Açores e interligar opiniões de diversas áreas de gestão e conhecimento.

“Estamos a realizar este debate para informar o público acerca desta realidade que é a Aquicultura dnos Açores, no que respeita aos planos que existem e os que se encontram em desenvolvimento. Pretendemos também debater acerca do tema em questão”, garantiu Miguel Baptista, presidente do Núcleo de Estudantes de Biologia da UAÇ.

No evento foram apresentados, entre diversos aspetos, os entraves associados à Aquacultura, de que o impacto ambiental, as condições climatéricas, o elevado investimento e, até mesmo, o receio dos aquicultores foram exemplos.

“O objetivo da Aquicultura não é criar competição à pesca, mas, sim, retirar pressão à mesma”, explicou o orador Cristiano Sousa, técnico da direção regional das Pescas.

José Manuel Bolieiro, presidente da Câmara Municipal de Ponta Delgada, esteve presente na sessão de apresentação do debate, onde elogiou o Núcleo de Biologia da UAÇ. O autarca deu “nota positiva” ao núcleo mencionado pela “temática escolhida para este debate e pelo honroso convite dirigido à Câmara de Ponta Delgada”.

O presidente do município aproveitou, ainda, para salientar que a “iniciativa trará uma nova consciencialização, não só ao meio académico, mas também a todos os Stakeholders ligados à matéria”.

O evento contou, também, com a presença de Maria Gabriela Queiroz, vice-reitora da UAÇ, que destacou a pertinência do debate, frisando que a “Aquacultura é uma área de valor económico que ainda está a dar os primeiros passos em Portugal, mas que já provou ser uma boa aposta para a redução da pesca intensiva”.

O Núcleo de Estudantes de Biologia da Universidade dos Açores existe há seis anos e visa defender os interesses alunos do curso e desenvolver atividades pedagógicas que complementem a matéria lecionada.

 

Associação de Juventude da Ribeira Grande promove ‘Limpeza da Orla Costeira – Maia’

No âmbito do protocolo celebrado entre a Associação de Juventude da Ribeira Grande e a Junta de Freguesia da Maia, decorrerá a atividade ‘Limpeza da Orla Costeira’ agendada para o dia 26 de maio.

A atividade, de cariz pedagógico e ambiental, é aberta ao público em geral, iniciando-se pelas 9h30. Aos participantes recomenda-se o uso de vestuário e calçado apropriados. A concentração será junto à sede da Junta de Freguesia da Maia.

Biblioteca da Madalena altera horário em prol dos exames

A Biblioteca Pública Municipal da Madalena irá alargar o horário de funcionamento durante o mês de junho.

A alteração mencionada tem por base a preparação para os exames, passando a biblioteca a estar aberta ao público das 8h30 às 18h30.

‘It’s Time’ é o novo single dos The Norton’s Project

The Norton’s Project apresentam o segundo single que dá nome ao EP ‘It’s Time’, uma aposta no Groove.

O EP mencionado engloba quatro temas, designadamente ‘Goodbye My Love’, ‘I Don’t Want You’, ‘It’s Time’ e ‘Waking Up!’.

A origem da banda, que apresenta cinco membros, remonta a 2016. “Após o primeiro álbum, quis procurar uma nova sonoridade, pelo que fui procurar músicos que dessem energia”, garantiu à MegaJovem o vocalista António Norton.

No que respeita EP ‘It’s Time’, o vocalista adiantou que a experiência foi “altamente”, não sendo necessárias “muitas sessões de gravação”. O EP mencionado integra as vozes de Filipa Coutinho e Waya, destacando-se Diogo Santos nos teclados e o duo Rodrigo Lage e Jorge Barroso, nos sopros.

“Todos estes músicos elevaram os temas e deram-lhes mais força e carisma”, concluiu António Norton.

 

 

Os jovens Samuel Safona e Francisco Luz destacaram-se no Judolag

Ricardo Martins Mota, vice-presidente da Câmara Municipal de Lagoa e responsável pelo desporto, elogiou os atletas Samuel Safona e Francisco Luz que se destacaram no Judolag.

Samuel Safona alcançou o título de Campeão Regional, no Campeonato Regional de Juvenis, na categoria de menos de 46 kg, tendo Francisco Luz ficado em segundo lugar na categoria de menos de 38 kg.

Na ótica do autarca, os resultados dos atletas “o devem orgulhar o Judolag, o município, bem como, todos os clubes e associações que promovem o desporto, a formação e o mérito desportivo”. Os resultados obtidos, adiantou Ricardo Martins Mota, comprovam que a Lagoa possui talentos que podem ir longe em diversas modalidades.

A nove de junho, o Judolag irá competir no Campeonato Nacional de Juvenis, em Odivelas.

Horta acolhe projeto ‘Livres e Iguais’

No auditório da Escola Secundária Manuel de Arriaga, na Horta, teve lugar a apresentação do projeto ‘Livres e Iguais’, iniciativa que se desenrolou no âmbito da Comemoração do Dia Mundial da Diversidade Cultural para o Diálogo e o Desenvolvimento 2018.

O projeto mencionado apresenta um cariz pedagógico vocacionado para a promoção do interculturalismo, sendo desenvolvido pela empresa Betweien em parceria com o músico Carlão.

A iniciativa destina-se a alunos do terceiro ciclo do Ensino Básico e Secundário, visando sensibilizar, sobretudo, combater todo o tipo de discriminação que constitua como obstáculo à construção de uma sociedade intercultural.

De acordo com o presidente do Município da Horta, a autarquia associou-se às comemorações deste dia para fomentar a compreensão e o respeito pelos diversos povos, culturas, raças e religiões.

Tendo em conta a expressiva comunidade emigrante presente no Faial, a Câmara Municipal da Hora propôs instituir o Dia Municipal do Emigrante e do Diálogo Intercultural a 21 de maio.

Diretor regional da Juventude apela à adoção de um estilo de vida saudável

Lúcio Rodrigues, diretor regional da Juventude, incentivou os jovens açorianos a adotarem estilos de vida saudáveis em detrimento do uso de substâncias aditivas, como o álcool e as drogas.

O diretor regional falava no arranque do projeto ‘Volta aos Açores contra as Dependências’, no âmbito do qual o velejador João Silva dará a volta ao arquipélago, passando pelas nove ilhas. Lúcio Rodrigues destacou a coragem de João Silva por revelar o seu drama pessoal acerca do consumo de álcool e de substâncias no passado.

“O João é um exemplo e ele próprio é a prova viva de que é muito mais recompensador ter uma vida saudável, limpa de substâncias. O João dá corpo também a outra mensagem que é muito importante: é que aqueles que, por um motivo ou por outro, consomem, encontram nele um exemplo de que é possível dar a volta, é possível largar o álcool e as drogas”, salientou o diretor regional.

João Silva partiu hoje em direção ao Grupo Ocidental a bordo do veleiro ‘Twisted’, viagem que terminará em agosto. As experiências do velejador serão partilhadas na página ‘O Grande Azul’, no Facebook.

“O meu apelo é que os jovens experimentem várias atividades, sejam elas desportivas, culturais, artísticas, o que mais os satisfizer e que se mantenham longe de hábitos nefastos, que apenas os prejudicam”, frisou Lúcio Rodrigues.

O projeto ‘Volta Aos Açores contra as Dependências’ é apoiado pelo Governo dos Açores, por via da direção regional da Juventude.