A quinta edição do festival Tremor, que decorreu entre 20 e 24 de março, contou com mil e quinhentos bilhetes vendidos.

A organização destacou o ‘Tremor na Estufa Especial’, iniciativa que levou 60 pessoas da ilha de São Miguel à de Santa Maria num roteiro de 14 horas, com um concerto da banda brasileira Boogarins. A iniciativa mencionada teve o apoio do Governo Regional dos Açores, da Câmara Municipal de Vila do Porto e da Azores Airlines, elevando-se, assim, a fasquia do festival.

Este ano a atividade do festival foi ampliada para a Ribeira Grande, alcançando, ainda, as Sete Cidades, Furnas e Termas da Ferraria. Num total de 50 atividades, 150 artistas e participação de 200 pessoas da comunidade local em projetos artísticos.

Já se encontram agendadas as datas para a sexta edição do Tremor que se irá realizar de 9 a 13 de abril, de 2019. O primeiro lote de bilhetes early-bird encontra-se à venda na BOL por 30 euros, com disponibilidade limitada a 100 unidades.