Créditos de imagem: Google imagens.

Muitas pessoas já devem ter ouvido falar do filme ‘The Shape Of Water’ de Guilermo del Toro pelos inúmeros prémios UE recebeu.

O filme mencionado passa-se com base nos grandes conflitos políticos e bélicos e nas transformações sociais ocorridas nos Estados Unidos quando Elisa (Sally Hawkins), zeladora num laboratório experimental secreto do governo, conhece e apaixona-se por uma criatura fantástica que é mantida presa no local. Para elaborar um arriscado plano de fuga, ela recorre ao seu vizinho Giles (Richard Jenkins) e à colega de trabalho Zelda (Octavia Spencer).

The Shape Of Water é uma mistura entre o real e o fantástico e que se destina a um tipo de público: os apreciadores de cinema que gostam de todo o tipo de filme.

Os atores foram fantásticos em geral, mas foi Doug Jones que deu um toque de fantasia ao filme ao interpretar a criatura de uma forma única. A maquilhagem e os efeitos especiais transformaram-no num realista monstro marinho.

Em suma, é um filme interessante que, apesar de algumas pessoas o negarem, mereceu os prémios que recebeu.
Artigo de opinião elaborado por BReis, jovem de 14 anos que estuda na Escola Secundária Domingos Rebelo.