Créditos de imagem: ContraTempo.

É jovem, tem 25 anos. Desde tenra idade começou a cantar, área à qual se dedicou afincadamente há cerca de seis anos. Ivo Cruz é membro da Banda.com e conta já com dezenas de atuações.

Em pequeno cantava qualquer tipo de música que era transmitida pela rádio e foi evoluindo de forma autónoma. Acabou por desenvolver um interesse especial pelo rock.

“Felizmente, consegui tornar-me versátil o suficiente para preferir outros estilos também. Ainda bem que assim o é. Porém, definitivamente, o Rock é o que me dá mais prazer e emoção”.

Para Ivo não existem fontes de inspiração, apenas a entrega total à atuação por “puro entretenimento”. No entanto, há a possibilidade de considerar como fonte de inspiração aqueles que acreditam no seu potencial. Myles Kennedy é o seu vocalista preferido, ao qual se considera semelhante tanto a nível vocal, como de presença em palco.

A sua primeira atuação remonta a agosto de 2013, no Baía dos Anjos, considerado pelo cantor como “a grande casa do Rock dos Açores”.

‘Km8’ foi a primeira banda que o jovem integrou sob influência do rock/rock alternativo. Criada por Alexandre Moniz e Ben Oliveira, o grupo atuou em diversos bares, tendo durado cerca de dois anos. “Não vou mentir, sinto falta, foram velhos tempos que deixam excelentes memórias. Foram experiências únicas e foi uma grande escola para mim”.

As atuações de Ivo têm por base covers, embora tenha desenvolvido um original com a sua primeira banda que ficou ‘na gaveta’. O cantor revelou à MegaJovem que, num futuro próximo, pensa em cantar originais.

A primeira atuação no Baía dos Anjos marcou o início do que continuou a prevalecer na vida do músico. Desde a sua ‘estreia’, Ivo passou a atuar todos os fins-de semana, sendo que o número de espetáculos tende a aumentar no Carnaval e no verão.

“Provavelmente, já realizei mais de 500 atuações em variadíssimos sítios, como nas ilhas, na Festa Branca, no Coliseu Micaelense, etc. Provavelmente a melhor atuação de que me recordo foi a festa R80, realizada pela Rádio Atlântida”.

Em julho de 2014 tornou-se membro da Banda.com. “Ao início foi complicada a adaptação, visto que trabalham profissionalmente. Porém, com o tempo consegui chegar ao ponto que queria. É uma experiência que só quem presencia tem gosto”.

Ivo Cruz demonstra otimismo acerca da afirmação musical numa ilha. “Quem realmente quer, alcança. Temos músicos fantásticos e claro que muitos, se quiserem chegarão longe”. A título de exemplo, o jovem fez referência ao Nuno Bettencourt, músico açoriano, que “tem uma carreira brilhante”.

“Espero sempre um ano musical melhor do que o ano anterior” – afirmou Ivo Cruz acerca das suas expectativas futuras.

O cantor despediu-se, apelando aos jovens que pretendem afirmar-se na área musical a definirem objetivos e alcançarem os seus sonhos com vontade e, acima de tudo, humildade.