Sou a Beatriz, tenho 22 anos e trabalho nesta área com atividade em nome individual há dois anos. Ser manicure está para além de executar bem o serviço, é necessário ser paciente, boa ouvinte e sobretudo simpática. Sendo esta uma área de contato direto com o cliente, estes dois anos na área fizeram-me aprender que para garantir que o cliente voltará bastam apenas dois fatores, a simpatia e a delicadeza.

Ser manicure é, acima de tudo, ser um pouco psicóloga, um pouco conselheira e ainda um pouco enfermeira, por vezes. Ver a felicidade e a confiança da cliente ao sair após o serviço, faz sentir-me orgulhosa da minha profissão!

Ainda que em Portugal esta seja uma profissão em pouco desvalorizada, deixo uma palavra a todas as manicures: orgulhem-se sempre do que fazem e invistam em formação constante, este é o segredo.

Texto da autoria de Beatriz Vieira, jovem de 22 anos. Natural da ilha de São Miguel, Beatriz desempenha a função de manicure no Hotel Ponta Delgada.